nsc
dc

Doença

Dia D da vacinação contra o sarampo é neste sábado; SC já tem 47 casos em 2020

Cidade com o maior número de casos no ano é Florianópolis, que somente na última semana detectou 12 novos casos

14/02/2020 - 14h36 - Atualizada em: 15/02/2020 - 10h28

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Sarampo
Vacina é indicada até mesmo para quem perdeu a carteira de vacinação e não lembra se recebeu a dose
(Foto: )

Santa Catarina segue com um surto ativo de sarampo e 47 casos da doença já foram confirmados no Estado em 2020, segundo dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) até o dia 8 de fevereiro. No ano passado SC já havia registrado 291 casos de sarampo, a maioria entre jovens com idade entre 15 e 29 anos.

Veja os locais de vacinação contra o sarampo neste sábado em Florianópolis

A situação torna ainda mais importante a vacina, que é a única forma de prevenção contra o sarampo. A campanha nacional de vacinação contra a doença foi ampliada em Santa Catarina e o Dia D será neste sábado, com postos de saúde abertos das 8h às 17h para atender quem não consegue ir até os pontos de vacinação durante a semana.

A vacina contra o sarampo deve ser tomada por todas as crianças dentro do calendário normal de imunização, além de qualquer pessoa que não tenha a caderneta de vacinação, não lembra ou não sabe se tomou todas as vacinas quando era criança. O público-alvo da campanha são as crianças de 6 meses até adultos com 49 anos.

Dos 47 casos de sarampo já confirmados em 2020 em Santa Catarina, a cidade com a situação mais preocupante é Florianópolis — especialmente na região Norte da ilha, onde somente na última semana 12 casos foram registrados. Por conta do surto específico na região, a secretaria de Saúde da Capital ampliou a faixa etária da campanha de vacinação para adultos até 49 anos nos bairros do Norte da Ilha de Santa Catarina.

Ao todo, Florianópolis tem 17 casos confirmados, enquanto Joinville tem 13 e Porto União tem seis. Os outros casos estão espalhados por Jaraguá do Sul (2), Schroeder (2), Guaramirim (1), Blumenau (1), Três Barras (1), Videira (1), São José (1), Maravilha (1) e Itá (1).

Quem deve tomar a vacina contra o sarampo?

Crianças dentro do calendário normal de vacinação ou qualquer pessoa que não tenha a caderneta de vacinação, não lembra ou não sabe se tomou todas as vacinas quando era criança. Nesses casos as doses serão as seguintes:

- 6 meses de vida: dose zero

- 1 ano de idade: primeira dose

- 1 ano e 3 meses: segunda dose

- até 29 anos de idade: a pessoa precisa ter duas doses

- de 30 a 49 anos de idade: a pessoa precisa ter uma dose

Onde buscar a vacina contra o sarampo

Durante a campanha a vacina é oferecida gratuitamente em toda a rede pública de saúde e está disponível nos postos espalhados pelo Estado. Qualquer unidade de saúde que tenha uma sala de vacinação poderá aplicar a dose. Para tomar a vacina basta levar um documento com foto e, caso a pessoa tenha, a carteira de vacinação.

​Confira no site da Dive-SC a lista de salas de vacinação em Santa Catarina.​

O que é sarampo?

Sarampo é uma doença respiratória que pode causar complicações como pneumonia, e, em casos mais graves, até mesmo a morte.

Como a doença é transmitida?

A transmissão ocorre de pessoa para pessoa por secreções expelidas na tosse, no espirro ou na fala. O vírus pode permanecer no ambiente por até duas horas. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca tenham sido expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única maneira de evitar o sarampo é com a vacinação.

Quais são os sintomas do sarampo?

Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Apresentando sinais e sintomas do sarampo, o serviço de saúde deve ser procurado imediatamente para que seja feito o diagnóstico e tratamento da doença.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Saúde

Colunistas