nsc

Saúde

Dia Nacional da Mamografia alerta para a importância do exame

Segundo dados do Inca, foram identificados 59 mil novos casos de câncer de mama no Brasil em 2018

05/02/2020 - 19h54 - Atualizada em: 05/02/2020 - 20h00

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.
Exame feito em uma paciente em SC
Exame feito em uma paciente em SC
(Foto: )

O dia 5 de fevereiro é considerado o Dia Nacional da Mamografia, aprovado em uma Lei Federal, exame que auxilia para detectar o câncer de mama. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), mais de 59 mil mulheres foram diagnosticadas com a doença no ano de 2018. A médica radiologista Cristina Marques Barreto, em entrevista ao Direto da Redação, da CBN Diário, explicou sobre a importância do exame.

— A mamografia é o único exame responsável pelo diagnóstico precoce do câncer de mama. Ele é recomendada para pacientes que não estão classificadas como alto risco a partir dos 40 anos até os 70. A Ele reduz o risco em 10 a 36% dos pacientes, ele salva vidas — explica a médica.

A mamografia é a opção mais simples de monitoramento das pacientes, mas não é usada de forma isolada. Antes mesmo do exame a mulher precisa ser avaliada por um mastologista, que faz o exame clínico das mamas. Além disso, quando são identificados sinais de alerta nas imagens da mamografia (calcificações ou nódulos, por exemplo), pode haver a necessidade de realização de biópsias que confirmem ou excluam o diagnóstico da doença.

Cristina Marques Barreto
Cristina Marques Barreto
(Foto: )

— O câncer é multifatorial. O risco genético ele responde em menos de 10%, mas tem alguns fatores que a gente pode diminuir o risco do câncer de mama, fazer atividade física de forma regular, a alimentação, evitar o uso de bebida alcoólica — conta.

Ouça a entrevista completa

Colunistas