nsc
hora_de_sc

Falta de educação

Diretora de escola infantil é agredida em Florianópolis por mãe de alunos

Agressão teria sido provocada depois que crianças foram removidas do lar, pela manhã

20/12/2019 - 18h58 - Atualizada em: 21/12/2019 - 14h01

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
******
(Foto: )

A diretora de uma escola de educação infantil de Florianópolis foi agredida da tarde desta sexta-feira (20) pela mãe de duas crianças, que foram removidas do núcleo familiar após denúncia de maus-tratos ao Conselho Tutelar. O caso aconteceu por volta das 16h30min.

À reportagem, o filho da diretora informou que a agressora foi até a creche municipal do bairro Abraão, algumas horas depois da remoção das crianças, e teria começado as agressões. Ele disse, ainda, que a mulher só teria parado de bater na diretora porque a comunidade interviu.

A administradora do educandário sofreu lesões no rosto e realizou exame de corpo delito no Instituto Médico Legal, no bairro Itacorubi.

Segundo versão do filho da vítima, a gestora teria recebido uma denúncia anônima sobre maus-tratos das crianças há cerca de dois meses, quando pediu orientações sobre como proceder às instâncias superiores.

Depois de 60 dias, aproximadamente, o órgão responsável pela intervenção, através de oficiais de Justiça, retirou as duas crianças do núcleo familiar. A informação foi confirmada pelo Conselho Tutelar.

A mãe dos meninos, por sua vez, teria descoberto que laudos sigilosos foram enviados ao Conselho por meio da diretora, motivo pelo qual teriam ocorrido as agressões.

A Polícia Militar foi acionada até o educandário, mas a reportagem não conseguiu contato com o comandante de área até a publicação desta reportagem. O boletim de ocorrência foi registrado no local.

O que diz a Prefeitura de Florianópolis

A reportagem entrou em contato com Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis para comentar o caso, que emitiu nota. Confira.

A Secretaria de Educação de Florianópolis repudia todo e qualquer tipo de agressão. Nada justifica a violência sofrida por uma profissional do magistério. A Secretaria está dando todo suporte à professora, bem como levará o caso à polícia!

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Polícia

Colunistas