nsc
an

publicidade

Cidade 

Do que morreram os joinvilenses em 2018?

As mortes provocadas por doenças circulatórias representaram maior número de óbitos

22/02/2019 - 21h33 - Atualizada em: 22/02/2019 - 22h17

Compartilhe

Luan
Por Luan Martendal
Das 2,2 mil perdas registradas na cidade, 39,4% foram ocasionadas por problemas que incluem Infarto e AVC
(Foto: )

As mortes provocadas pelas doenças circulatórias representaram o maior número de óbitos em Joinville no ano passado. Das 2,2 mil perdas registradas na cidade considerando quatro grandes grupos de doenças e causas, 39,4% foram ocasionadas por problemas que incluem Infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC) - índice 9.4 ponto percentual (p.p) acima da média de 2017, quando o grupo correspondia a um terço das mortes na cidade.

O levantamento é da Secretaria Municipal da Saúde, em consulta ao Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo com o relatório, os homens são os que mais morrem no município por complicações do aparelho circulatório. Foram 487 mortes do público masculino ante 376 do gênero feminino, somando 863 vítimas. A maior participação de mortes dentre as doenças que compõem o sistema circulatório é justamente o Infarto Agudo do Miocárdio, com 208 casos.

Na sequência aparecem as neoplasias, com 366 homens e 340 mulheres acometidos, totalizando 706 óbitos. As mortes decorrentes dos tumores chegam a 32,3% do total informado em 2018, quase 10 p.p acima da média de 2017.Nos homens o destaque é para as perdas devido ao câncer maligno da traqueia, brônquios e pulmões, com 62 ocorrências, enquanto nas mulheres o óbito ocorreu devido a complicações do câncer de mama em 74 registros.

Em proporções menores estão as mortes por conta das doenças do aparelho respiratório, que gerou 331 falecimentos (15,1% do total), e causas externas, como acidentes, suicídios, agressões ou disparos de arma de fogo (13,2%). Nestes dois últimos indicadores, 173 mortes no ano foram motivadas por pneumonia e 84 por agressões.

Confira os dados

(Fonte: SIM; CVS; SMS)

Número de mortes registradas em 2018 em Joinville

Masculino: 1.254 (57%)

Feminino: 934 (43%)

Total de óbitos: 2.188

Principais causas e total de mortes de residentes de Joinville, por classificação, em 2018

- Doenças do aparelho Circulatório

Masculino: 487 (infarto, 143; doenças cerebrovasculares, 119)

Feminino: 376 (infarto, 65; doenças cerebrovasculares, 93)

Total: 863

- Neoplasias

Masculino: 366 (traqueia, brônquios e pulmões, 62; estômago, 33)

Feminino: 340 (mama, 74; traqueia, brônquios e pulmões, 44)

Total: 706

- Doenças do aparelho respiratório

Masculino: 166 (Pneumonia, 92; Doenças crônicas das vias aéreas inferiores, 47)

Feminino: 165 (Pneumonia, 81; Doenças crônicas das vias aéreas inferiores, 66)

Total: 331

- Causas externas

Masculino: 235 (acidentes de transporte, 56; agressões, 81; lesões autoprovocadas voluntariamente, 39)

Feminino: 53 (acidentes de transporte, 20; agressões, 3; Lesões autoprovocadas, 6)

Total: 288

Leia mais notícias no AN

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Saúde

publicidade

Colunistas

    publicidade

    publicidade

    publicidade