nsc
hora_de_sc

Assassinato

Dois adolescentes são suspeitos de mutilar, queimar e matar uma pessoa em Florianópolis

Vítima de homicídio teria furtado droga na casa dos adolescentes

18/06/2020 - 18h10 - Atualizada em: 18/06/2020 - 18h18

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Objetos foram apreendidos na casa dos adolescentes, no Norte da Ilha de SC
Objetos foram apreendidos na casa dos adolescentes, no Norte da Ilha de SC
(Foto: )

Dois adolescentes foram identificados pela Polícia Civil como os responsáveis pela execução de uma pessoa que teve o corpo mutilado e parcialmente carbonizado em Florianópolis, no dia 30 de maio. A vítima, que não teve a identidade nem o gênero divulgados, foi encontrada morta em um terreno balido, às margens da Avenida Transcaeira, entre os bairros do Saco dos Limões e Serrinha. 

Segundo a polícia, um dos adolescentes confessou o crime, durante depoimento na delegacia, e contou em detalhes como ele e o comparsa praticaram toda a ação. Um par de tênis que pertencia à vítima foi encontrado na casa dos suspeitos, no Norte da Ilha de SC, durante diligências policiais. 

O outro adolescente identificado, ainda de acordo com a polícia, foi quem escolheu o local do crime. Embora estivesse morando no Norte da Ilha, já residiu no bairro Serrinha, região onde o corpo foi abandonado. 

O que motivou a execução

A vítima morava no bairro Cachoeira do Bom Jesus, no Norte da ilha de SC e teria furtado uma quantidade de droga dos adolescentes, que eram seus vizinhos e traficavam naquela região. 

Durante as investigações foram realizadas as apreensões de drogas e munições entre outros materiais ilícitos, além do par de tênis que pertencia à vítima. Toda a apuração foi realizada pela Delegacia de Homicídios da Capital e  será encaminhada para a 6ª DP da Capital em razão dos autores serem adolescentes.

Colunistas