publicidade

Congresso 

Dois deputados de SC serão titulares na comissão que vai avaliar Reforma da Previdência 

Parlamentares do PSL e do PSD já foram indicados pelos partidos. Estado tem ainda um nome entre os suplentes 

25/04/2019 - 19h37 - Atualizada em: 25/04/2019 - 20h12

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Comissão foi instalada nesta quinta-feira
Comissão foi instalada nesta quinta-feira
(Foto: )

Dois deputados federais de Santa Catarina vão ser titulares na comissão especial que vai analisar o texto da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. O grupo foi instalado na sessão desta quinta-feira. Até o início da noite, 46 dos 49 membros titulares já haviam sido indicados pelos partidos.

Os dois membros titulares da comissão são os deputados catarinenses Daniel Freitas (PSL) e Darci de Matos (PSD). Entre os suplentes, os catarinenses emplacaram ainda mais um nome: Pedro Uczai (PT). Os nomes constam na formação da comissão, na página da Câmara Federal. Entre os suplentes, 43 dos 49 nomes haviam sido confirmados até as 19h30min desta quinta-feira.

O PSB ainda deve indicar nomes para as três últimas vagas de titulares na comissão. No Estado, o único deputado federal do partido é Rodrigo Coelho.

A presidência da comissão vai ser ocupada por Marcelo Ramos (PR-AM). Já a relatoria ficará com Samuel Moreira (PSDB-SP). A comissão tem ainda como titulares parlamentares como o deputado federal Felipe Francischini (PSL/PR), que comandou a aprovação da PEC da Reforma na Câmara de Constituição e Justiça (CCJ), onde é presidente, além de nomes como o deputado Alexandre Frota (PSL/SP), a depuada Gleisi Hoffmann (PT/PR) e o economista Mauro Benevides Filho, coordenador do plano econômico do ex-candidato à Presidência Ciro Gomes.

A comissão vai se reunir por pelo menos 10 sessões para analisar o texto da Reforma da Previdência e apresentar possíveis emendas. O prazo para a conclusão dos trabalhos é de até 40 sessões. Após a aprovação do relatório final sobre a proposta nesse núcleo, o projeto é enviado para votação no plenário da Câmara.

Leia as últimas notícias no site do Diário Catarinense

Deixe seu comentário:

publicidade