nsc
dc

Pandemia

Dor de cabeça pós-Covid; entenda a sequela da doença

Veja como trata o sintoma que costuma aparecer desde o início da doença

06/07/2021 - 14h30 - Atualizada em: 06/07/2021 - 14h45

Compartilhe

Brenda
Por Brenda Bittencourt
Dor de cabeça pós-Covid é um dos sintomas recorrentes mais comuns depois de contrair o vírus
Dor de cabeça pós-Covid é um dos sintomas recorrentes mais comuns depois de contrair o vírus
(Foto: )

O coronavírus vai embora, mas alguns efeitos sintomas se tornam recorrentes após contrair a doença. Um destes casos são as dores de cabeça pós-Covid. Enxaquecas, dores que aparecem do nada e fazem com que a síndrome pós-Covid seja uma realidade para muitas pessoas que foram infectadas pelo vírus.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

As dores de cabeça, são sintomas frequentes nas pessoas diagnosticadas com Covid-19. O sintoma costuma aparecer desde o início da doença, tendo caráter prolongado e resistentes ao uso de medicação.

De forma geral, essas dores de cabeça durante a infecção pelo coronavírus são separadas de três formas sendo bilateral, com intensidade que varia de moderada a forte e com pressão.

Os sintomas das dores de cabeça pós-Covid são relativamente parecidos com os que podem ser notados em pacientes que têm enxaqueca crônica ou outras dores de cabeça comuns.

Além disso, é cefaleia em indivíduos com Covid-19 costuma estar acompanhada de enjoos, náuseas e sensibilidade à luz ou barulho, assim como é percebido nos pacientes que têm enxaquecas recorrentes.

> Quais são as comorbidades para a vacina da Covid; confira a lista

Sintomas persistentes da Covid-19

Além das dores de cabeça pós-Covid, existem outros sintomas que costumam ser comuns após a infecção por coronavírus. Eles são chamados de sintomas persistentes, ou sequelas pós-Covid e não vão embora, mesmo que o vírus já tenha ido.

Os mais comuns relatados são:

Fadiga persistente

Falta de ar

Aperto no peito

Tosse

Dores no corpo

Dor nas articulações

Perda do sentido do paladar e do olfato

Dificuldade em dormir

Dores de cabeça

Confusão mental

Perda de cabelos

> Sputnik V: a eficácia da vacina que chegará no Brasil

Como tratar as dores de cabeça pós-Covid

Ainda que desconfortável, o sintoma persistente de dor de cabeça pós-Covid pode ser tratados e o incômodo pode ser amenizado se o paciente seguir algumas dicas de ouro para que a dor não seja tão intensa e/ou frequente.

Tenha rotina

Ter uma rotina contínua pode evitar crises fortes de dores de cabeça, tanto aquelas causadas após contrair coronavírus, como também aquelas corriqueiras do dia a dia.

Quando há horário para alimenta-se, praticar exercícios físicos e dormir, os estresses causados podem diminuir e o organismo entende que as surpresas durante esse período serão menores.

> Em site especial, saiba mais informações sobre a pandemia do coronavírus

Não esqueça das pessoas

Com a pandemia, o isolamento social se tornou uma realidade comum para pessoas do mundo todo. Ficar afastado das pessoas que ama e diminuir o contato interpessoal foi quase automático.

No entanto, essa não deve ser uma prática frequente. Isso porque, manter o contato com pessoas do seu círculo de amizade e também familiar é importante para o bem-estar e também para diminuir possíveis gatilhos de ansiedade e estresse.

> Butanvac: tudo sobre a vacina brasileira contra a Covid-19

Fuja dos gatilhos de estresse

O estresse é talvez o maior causador de dores de cabeça nos seres humanos. Os gatilhos para quem possui enxaqueca recorrente podem ser avassaladores e acabar com o dia.

Para quem possui crises de dor de cabeça excessivas é necessário evitar algumas coisas como por exemplo muitas preocupações, nervosismo e ansiedade.

Esses agentes causadores das dores de cabeça se tornam ainda mais comum quando falamos da pandemia de Covid-19, já que eles têm ficado cada vez mais em evidência.

Nesse contexto, é necessário e também extremamente importante procurar manter a calma e colocar em prática estratégias que ajudem a controlar as emoções e que evitem os gatilhos mentais, evitando tais situações.

> As diferenças entre as vacinas da Pfizer, Astrazeneca e Coronavac

Procure um médico

É claro que ir ao médico, principalmente em tempos de pandemia não é a melhor coisa do mundo, mas é necessário.

Procure sempre a orientações de um profissional para que ele possa te auxiliar e também receitar medicamentos que ajudem a combater a dores de cabeça pós-Covid tão indesejadas. É com o acompanhamento dele que os sintomas irão ficar mais brandos e também serão amenizados.

As sequelas da Covid-19

Leia também

Recorde de frio em SC: confira as menores temperaturas registradas na história

Conheça os 16 animais mais estranhos e raros vistos em SC

Caso Evandro: o que aconteceu e as teorias do crime da série na Globoplay

O que são as variantes do coronavírus e como elas impactam Santa Catarina

Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades é possível ver o fenômeno

Colunistas