nsc
    dc

    Aedes Aegypti

    Duas cidades do Oeste de SC estão com epidemia de dengue 

    Coronel Freitas e São Carlos passaram dos 300 casos por 100 mil habitantes

    22/04/2020 - 17h19 - Atualizada em: 27/04/2020 - 10h55

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Coronel Freitas está em epidemia de dengue
    Em Coronel Freitas moradores estão sendo notificados e agentes visitaram todas as casas
    (Foto: )

    Duas cidades do Oeste de Santa Catarina, Coronel Freitas e São Carlos, estão com epidemia de dengue segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado. O motivo é que ultrapassaram a taxa de incidência que define essa situação, que é de 300 casos por 100 mil habitantes, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

    No Boletim Epidemiológico divulgado na semana passada, Coronel Freitas, que tem cerca de dez mil habitantes, tinha 43 casos, o que dá uma incidência de 430 por 100 mil habitantes. Mas esse número já chegou a 55 nesta quarta-feira.

    São Carlos, que tem cerca de 11 mil habitantes, estava com 67 casos e uma incidência de 593,9 casos por 100 mil habitantes. Mas esse número já subiu para 83 nesta quarta-feira.

    - Como tivemos vários casos e o município tem uma população pequena, acabamos sendo classificados como epidemia. O problema surgiu no bairro Cristo Rei e inicialmente a população não procurou atendimento. Quando começaram a surgir vários casos foi difícil bloquear e os casos chegaram também no centro – disse o coordenador dos agentes de endemias de São Carlos, Fábio Castelani.

    > Santa Catarina tem 1,3 mil casos de dengue, mais que o dobro do ano passado no mesmo período

    Ele também relatou dificuldades para realizar as ações, devido aos decretos de isolamento do coronavírus. Mesmo assim já foram retiradas 28 cargas de materiais que poderiam acumular água, realizadas pulverizações para matar os mosquitos e bloqueios numa área de 100 metros por onde passaram as pessoas com casos confirmados e suspeitos. O número de agentes também aumentou, dois para cinco.

    Os bombeiros também estão colaborando nas imagens com drone e também na vistoria dos pontos mais altos das residências.

    Mapa da dengue em Santa Catarina
    Região Oeste é onde tem mais municípios com dengue
    (Foto: )

    Em Coronel Freitas, a prefeitura já notificou mais de 50 moradores por não terem tomados as medidas de prevenção.

    - Temos problemas em cisternas e piscinas onde foram encontradas larvas do mosquito. Os moradores assinam um termo de responsabilidade e, se não adotarem as medias, podem receber multa de meio a sete salários mínimos. Um morador será multado em um salário mínimo pois foram encontradas larvas do mosquito da dengue na piscina – disse o coordenador da sala de situação da dengue no município, Cleomar Pagnussat.

    Ele afirmou que também aumentaram as coletas seletivas. As três agentes de endemias receberam reforço de 15 agentes de saúde para visitar todas as casas. E um serviço de drone foi contratado para mapear os pontos de risco.

    Outras cidades com alta incidência é São Miguel do Oeste, que está com 93 casos e incidência de 232 por 100 mil habitantes. O município com maior número de casos é Joinville, com 608, mas como tem cerca de 600 mil habitantes a incidência está em 103 por 100 mil.

    Em site especial confira as notícias do coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas