nsc

publicidade

Economia

Em SC, 152 mil pessoas serão beneficiadas com o quarto lote da restituição do IR

Consulta foi aberta nesta segunda-feira e o dinheiro será depositado no dia 16 de setembro, uma segunda-feira  

09/09/2019 - 11h33 - Atualizada em: 09/09/2019 - 12h45

Compartilhe

Larissa
Por Larissa Neumann
Lotes de restituição são liberados mensalmente, conforme a ordem de chegada das declarações
Lotes de restituição são liberados mensalmente, conforme a ordem de chegada das declarações
(Foto: )

O quarto lote de restituições do imposto de renda vai beneficiar 152,7 mil pessoas em Santa Catarina no próximo dia 16 de setembro. A consulta ao crédito bancário foi liberada na manhã desta segunda-feira (9) e pode ser feita na página da Receita. No Estado, o montante pago neste lote soma R$ 142,6 milhões. Do acumulado até setembro deste ano — sem somar os créditos residuais — já foram pagos R$ 647 milhões em restituições do imposto de renda para 550,5 mil catarinenses.

Cada lote também conta com as chamadas restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2018. Com isso, em Santa Catarina, o total da restituição incluindo esses valores fica em R$ 148,9 milhões e contempla 156,1 mil pessoas. Dentre os valores e beneficiados nos últimos 10 anos, 2018 concentra o maior número de contribuintes com valores residuais, 1,7 mil. Nacionalmente, o crédito bancário será feito para 2,8 milhões contribuintes, totalizando R$ 3,5 bilhões.

É possível consultar o crédito pela internet ou telefone

A restituição do imposto de renda é paga conforme as deduções feitas nas declarações entregues no início deste ano. Quem quiser saber se tem direito a receber os valores pode acessar a página da Receita Federal. Também é possível ligar para o Receitafone 146 e informar o CPF e a data de nascimento. Se estiver incluído no lote, a situação da declaração será “crédito enviado ao banco”.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte deve ligar nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) ou ir a uma agência do Banco do Brasil para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Os lotes de restituição são liberados mensalmente. O Fisco libera os pagamentos por ordem de chegada da declaração. Isso significa que quem entregou a declaração mais cedo, recebe a restituição primeiro. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet.

Veja abaixo o calendário dos próximos lotes

Lote 5 - outubro

Consulta: dia 8

Depósito: dia 15

Lote 6 - novembro

Consulta: dia 8

Depósito: dia 15

Lote 7 - dezembro

Consulta: dia 9

Depósito: dia 16

Deixe seu comentário:

publicidade