Fim de um ciclo. A transmissão da TV Globo da final da Copa do Mundo no Catar entre Argentina e França, que terminou com o título dos hermanos, marcou a última narração de Galvão Bueno nos microfones da emissora em TV aberta.

Continua depois da publicidade

Já programada, a despedida contou com um vídeo produzido pela Globo e emocionou o narrador, que ainda fará participações na programação.

Receba notícias do DC via Telegram

— Tenho que agradecer nesses quase 50 anos, em todas as Copas do Mundo. Foram muitos jogos. Eu não vou citar nomes, porque iria deixar muita gente de fora, mas agradeço meus parceiros antigos, os de hoje, aqueles que não estão mais aqui. Agradeço os que não estão mais trabalhando comigo e estiveram junto — disse Galvão.

— Mas meu maior agradecimento é a vocês: os brasileiros. Foram praticamente quatro gerações até chegar aqui hoje. Eu estou emocionado e até a voz acabou. Estou emocionado porque alguma coisa boa eu fiz se não aqui não estaria. Não agradei todo mundo e tudo bem. Estivemos juntos em muitos momentos: alegrias, tristezas, dramas, mas sempre juntos — completou.

Continua depois da publicidade

Na última semana, a Globo e Galvão renovaram o contrato, que prevê que ele faça locuções de chamadas na emissora, mas que também faça participações especiais.

Galvão Bueno no gramado, ao lado de Caio Ribeiro e Roger Flores, antes de Argentina x França. (Foto: Reprodução)

Durante a sua última transmissão, no pré-jogo da final da Copa, Galvão esteve no gramado do estádio Lusail antes da decisão. O narrador teve a liberação da FIFA, umas vez que apenas profissionais da França e da Argentina poderiam ocupar a posição na decisão do mundial no Catar.

O narrador foi a voz dos jogos da seleção brasileira na Globo, transmitiu os títulos de 1994 e 2002, e agora passa a ser substituído por Luis Roberto na TV aberta.

— Meus amigos do Brasil, queria dizer para o Galvão que ele sabe o legado que ele deixa, é muito mais do que ser a voz. Você significou tudo. Te amo, Galvão, que Deus te ilumine e você faça a melhor transmissão de sua vida. Vai que é sua Galvão — disse Luis Roberto.

Continua depois da publicidade

Leia também

Messi bate recorde e se torna o jogador com mais partidas em Copas do Mundo

Aos 23 anos! Mbappé supera Pelé e quebra recordes na Copa do Catar; veja lista

Destaques do NSC Total