nsc
an

Tragédia

Empresa de ônibus do acidente na BR-376 diz que veículo foi fretado

Acidente terminou com ao menos 19 mortos e 33 feridos na rodovia que liga SC ao PR

26/01/2021 - 05h20

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Equipes realizaram atendimento às vítimas durante a manhã na BR-376
Equipes realizaram atendimento às vítimas durante a manhã na BR-376
(Foto: )

A empresa proprietária pelo ônibus que sofreu um acidente com 19 mortos na BR-376 emitiu nota informando que o veículo havia sido fretado por um terceiro. Mesmo assim, ela afirmou que vai prestar apoio às vítimas e familiares da tragédia registrada na manhã desta segunda-feira (25) na rodovia que liga Santa Catarina ao Paraná.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

A TC Pires da Cruz disse que o fretamento foi realizado pelo responsável pelo grupo que viajava no ônibus. O homem estava no veículo quando o acidente aconteceu, mas ainda não há informações se ele sobreviveu ou está entre os mortos confirmados até o momento.

Em nota, a empresa ainda afirmou nesta segunda-feira (25) que estava a caminho do local do acidente para prestar apoio às vítimas e familiares. Também informou que vai providenciar um meio de comunicação com as famílias envolvidas. A lista com os nomes dos passageiros será divulgada assim que os representantes da empresa chegarem ao Paraná.

- A TC Pires da Cruz informa que prestará todo apoio necessário às vítimas e familiares e não medirá esforços para amenizar a dor de cada um dos paraenses envolvidos no acidente, assim como a dos seus entes queridos, neste momento tão difícil para todos - diz a nota.

Além dos 19 mortos, outros 33 passageiros ficaram feridos no acidente, sendo seis vítimas em situação moderadas e sete em situação grave. Outras 20 pessoas com lesões leves.

O ônibus saiu da pista e tombou às margens da rodovia, no quilômetro 668, em Guaratuba (PR), em um local conhecido como Curva da Santa. O acidente aconteceu por volta das 8h30 e mobilizou equipes dos bombeiros, Samu, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Arteris Litoral Sul.

Leia também

Monsenhor Gercino foi a rua de Joinville com mais acidentes de trânsito em 2020; veja o ranking

Fiscalização interdita casa de eventos em Joinville

Colunistas