nsc
santa

Jornalismo

Estudantes da Furb lançam documentário sobre impacto da Covid-19 em Blumenau

“Covid-19 em Blumenau: histórias de vulnerabilidade social” está disponível no Youtube

02/07/2021 - 12h55

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
Produção envolveu toda a turma da disciplina de Telejornalismo II
Produção envolveu toda a turma da disciplina de Telejornalismo II
(Foto: )

Estudantes da 5ª fase do curso de Jornalismo da Universidade Regional de Blumenau (Furb) lançaram um documentário sobre vulnerabilidade social na pandemia do coronavírus. O trabalho está disponível no Youtube desde quinta-feira (1º). Batizada de “Covid-19 em Blumenau: histórias de vulnerabilidade social”, a produção foi feita entre abril e junho deste ano.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

No início do semestre da disciplina de Telejornalismo II, a turma formada por Giulia Machado, Isabella Cremer, Júlia Laurindo, Maria Luiza de Almeida Küster, Natiele Oliveira e Thiago Gomes, optou por desenvolver, além de um telejornal, um documentário jornalístico. Foi a turma, sob a coordenação da professora Alessandra Ogeda, que escolheu a temática do documentário e desenvolveu as entrevistas que dão corpo ao projeto.

O documentário produzido pela turma de Jornalismo conta a história de servidores públicos que atuam na linha de frente no atendimento das pessoas em vulnerabilidade social da cidade. Eles contam como foi – e ainda está sendo – o desafio de atender a estes públicos durante a pandemia de Covid-19.

Os alunos de Jornalismo conversaram com usuários destes serviços e com voluntários da sociedade civil que se mobilizaram para ajudar quem mais precisava. Na parte final do trabalho de investigação jornalística, o público saberá como a pandemia afetou também a causa animal, com mais cães e gatos sendo abandonados neste período.

Com todo o material captado, os universitários fizeram a seleção dos melhores trechos das entrevistas e estruturaram o documentário. A edição do projeto, assim como a finalização do documentário, ficou por conta da técnica audiovisual Marta Pego.

Foram realizadas entrevistas em modalidades remota e presencial, e os alunos seguiram todas as recomendações sanitárias para evitar contaminação com o vírus.

Assista

Colunistas