nsc

publicidade

Bancos

Ex-cliente sem dívida é colocado em cadastro de inadimplentes e ganha direito a indenização

Ainda há recurso contra a sentença que determinou ao Bradesco o pagamento de R$ 20 mil ao cliente

28/03/2019 - 16h28

Compartilhe

Por Samuel Nunes

O Banco Brasdesco foi condenado pela Justiça a pagar uma indenização de R$ 20 mil a um ex-cliente. De acordo com o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), a instituição incluiu o nome do homem em um cadastro de inadimplentes, por uma dívida de R$ 25 mil, que não existia. O caso aconteceu em Florianópolis e foi julgado em segunda instância na terça-feira (26). Ainda cabe recurso.

Segundo os autos do processo, o ex-cliente encerrou a conta que mantinha no Bradesco em março de 2015. No entanto, a dívida que foi incluída no cadastro de inadimplentes venceu mais de um ano depois, em novembro de 2016.

O homem foi à Justiça para pedir que o banco retirasse o nome dele da lista de inadimplentes e também para pedir uma indenização por danos morais. Em primeira instância, a juíza responsável pelo caso determinou rapidamente o primeiro desejo do homem, mas o Bradesco ainda recorreu e manteve o registro da dívida. Meses depois, na sentença, a indenização foi concedida.

Depois que saiu a sentença em primeira instância, o Bradesco recorreu ao TJ-SC, para não pagar a indenização, o que foi negado pelos desembargadores da Terceira Câmara de Direito Civil. Eles também mantiveram o valor que já tinha sido arbitrado anteriormente.

Procurado pela reportagem, o Bradesco informou que, como o caso ainda está em juízo, o banco não irá se manifestar a respeito.

Deixe seu comentário:

publicidade