O ato de fazer compras pode trazer dor de cabeça para algumas pessoas. Mas para Mário Brehm, de 80 anos, o supermercado é uma verdadeira terapia. O carinho pelo espaço é tanto que os netos resolveram presenteá-lo com uma festa de aniversário onde tema era o estabelecimento favorito do morador de Joinville.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A ideia surgiu após uma das netas ver um vídeo em uma rede social, onde a comemoração tinha como tema supermercado.

— Na hora já imaginei que ele adoraria, já que desde que me conheço por gente ele ama ir até o supermercado fazer compras. Minha avó inclusive sempre pegou no pé falando que ele sempre compra o supermercado inteiro, por não tem nem onde guardar tanta coisa que ele traz — diz Juliana Brehm Wolfgramm, neta de Mário.

VÍDEO: Morador de rua chora de emoção ao reencontrar vira-lata caramelo em Itajaí

Continua depois da publicidade

Com o tema na mão, foi hora de colocar o plano em prática. Para isso, a família resolveu ir até o supermercado que Mário mais frequenta, no bairro América, que entrou na brincadeira. O local, então, disponibilizou vários materiais para ajudar na decoração, desde carrinho até cestinha.

— A área de marketing, que fica em Içara, providenciou o material gráfico e a loja de Joinville nos emprestou carrinhos, cestinhas e wind banner para decorarmos a festa, além de fornecer um bolo lindo e delicioso. Compramos camisetas na cor laranja, fizemos crachás e cartão fake para usarmos, e montamos um “mercado” na churrasqueira da casa dos meus pais — pontua Karla Brehm Wolfgramm, filha de Mário.

Família entrou no clima do tema durante o aniversário – (Foto: Arquivo pessoal)

Festa contou com funcionários e mesa de produtos

A surpresa ocorreu neste domingo (2). No local, a mesa foi toda decorada com produtos, que simulavam gôndolas de supermercado. Também foram colocados banners de ofertas, parecidas com as promoções dos produtos, além de que a família vestiu roupas como se fosse funcionário do local.

Para tentar enganar Mario, a família disse que iam “levar ele no supermercado” quando, na verdade, o supermercado era a casa dele. Algo que deixou Mário encantado e surpreso.

Continua depois da publicidade

— Fizemos todo serviço de recepção ao caixa e ele curtiu bastante, apesar de um pouco confuso com o que estava acontecendo. Ficou sem palavras quando viu o que montamos, realmente foi bem inesperado para ele. A única coisa que falou ao abrirmos a porta foi “vocês são uns palhaços!” — conta a neta Juliana.

Outra brincadeira foi que Mário teve que, literalmente, comprar os presentes no estabelecimento.

— Fizemos a brincadeira dele fazer “compras” à vontade, sendo que, além dos produtos de mercado, propriamente ditos, fizemos presentes para ele “comprar”. Ao todo, foram 80 itens de presente, que ele obteve depois de várias idas ao seu supermercado — relata Karla.

A festa contou, ainda, com um bolo personalizado, que foi doado pelo supermercado. O momento foi filmado pela família, que divulgou nas redes sociais. A publicação já conta com mais de 600 visualizações.

E para o ano que vem, ideias não faltam, segundo Juliana:

— Poderia ser com tema Fluminense, que é uma paixão grande dele também. Quem sabe não conseguimos uma participação do jogador Fred na festa!

Continua depois da publicidade

Casa virou um supermercado durante a festa – (Foto: Arquivo pessoal)

Leia também:

Neonazistas de SC eram “filial” brasileira de organização internacional de supremacia branca

Como um mosquito modificado poderá ajudar SC no combate à dengue

Destaques do NSC Total