nsc
dc

Investigação

Familiares estavam dormindo quando foram mortos a facadas em Chapecó, diz polícia

Homem de 38 anos é suspeito de ter assassinado o pai, a avó e a tia

01/01/2022 - 18h01 - Atualizada em: 01/01/2022 - 18h07

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Prédio em que os crimes aconteceram em Chapecó
Crimes aconteceram na manhã deste sábado (1) em Chapecó
(Foto: )

As três pessoas da mesma família assassinadas a facadas em Chapecó estariam dormindo quando foram mortas, segundo as primeiras diligências da Polícia Civil. Um homem de 38 anos foi preso suspeito de ter cometido o crime contra o pai, a avó e a tia.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O delegado Vinicius Ritterbuch, da Central de Plantão Policial de Fronteira de Chapecó, informou que os vestígios encontrados no local do crime deram conta de que as vítimas foram mortas enquanto dormiam. Elas tinham 62, 65 e 86 anos.

De acordo com o delegado, toda a situação envolvendo os crimes ainda será melhor averiguada durante a continuidade das investigações. No início da semana, a Divisão de Investigação Criminal (DIC) deve assumir o caso.

Durante o trabalho de perícia no prédio, a polícia também encontrou as possíveis armas usadas pelo suspeito para matar os familiares.

O homem está preso e sofreria de um transtorno mental, segundo a Polícia militar. A Polícia Civil já representou pela prisão preventiva do suspeito. No entanto, a Justiça ainda precisa analisar o caso para tomar uma decisão sobre o pedido.

Corpos foram encontrados por familiar

As três vítimas moravam em um mesmo prédio, mas em apartamentos separados. Dois dos corpos foram encontrados enrolados em lençóis em um apartamento do último andar. A terceira vítima foi assassinada no primeiro andar.

Um familiar estranhou a falta de movimentação e decidiu ver do que se tratava. Ele teria arrombado as portas depois de insistir para que abrissem e não ter retorno.

Leia também:

Três pessoas morrem vítimas de afogamento no Sul do estado

Incêndio destrói quiosque em praia de São Francisco do Sul; veja vídeo

Mãe mata vizinho em SC após flagrar homem tentando abusar sexualmente da filha de 5 anos

Colunistas