nsc
    dc

    Monitoramento

    Febre amarela causa mais 20 mortes de primatas em SC; maioria ocorreu em Campo Alegre

    17/06/2020 - 18h55 - Atualizada em: 17/06/2020 - 18h59

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    febre amarela
    Vacina contra febre amarela é a forma mais efetiva de prevenção
    (Foto: )

    Subiu para 75 o número de primatas mortos por febre amarela em Santa Catarina, segundo boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica nesta quarta-feira (17). Os 20 novos registros ocorreram nas últimas duas semanas, em seis municípios das regiões do Vale do Itajaí, do Norte e do Planalto Norte. Não houve aumento de casos em humanos. 

    Em Campo Alegre morreram sete primatas em 15 dias. Benedito Novo e em São Bentro do Sul, morreram quatro primatas em cada. Em Pomerode e Mafra houve mais dois casos em cada e Massaranduba teve um novo registro. 

    > Tire dúvidas sobre a febre amarela após primeira morte pela doença no Estado

    Os casos sinalizam a presença do vírus nas regiões e toda suspeita de contaminação em humanos deve ser comunicada imediatamente às autoridades de saúde, por se tratar de doença de grave risco.

    Pessoas infectadas em SC

    Ao menos 17 pessoas foram infectadas no Estado, nos primeiros seis meses de 2020. Duas morreram. Segundo a Dive, de todas pessoas contaminadas, uma única era do sexo feminino. Todos os pacientes não tinham registro de vacina contra a febre amarela. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas