nsc
an

Reencontro

Feliz Ano-novo: mãe consegue trazer filhos do Haiti para Joinville após quase 4 anos separados 

Reencontro aconteceu nesta semana em Joinville 

02/01/2020 - 15h28 - Atualizada em: 02/01/2020 - 16h10

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
Reencontro foi na última segunda-feira (30)
Reencontro foi na última segunda-feira (30)
(Foto: )

A cena é comum em aeroportos: o desembarque seguido do abraço e do beijo que matam a saudade. Mas o reencontro de uma mãe e seus três filhos, em Joinville, foi ainda mais especial nesta semana.

A história, acompanhada pela equipe da NSC TV, é de uma família que foi obrigada a se separar para buscar uma vida melhor no Brasil. A Whirllyne Dorlivillier é haitiana e, em maio de 2016, veio ao Brasil, mas teve que deixar os três filhos no Haiti.

Durante todo este tempo, o objetivo da vida dela era reunir novamente a família. Só que o dinheiro nunca era suficiente. Até que entrou na vida dela a Karize Vaz: a patroa que se tornou melhor amiga.

— Com o passar dos dias e com a intimidade, ela começou a contar a história de vida dela. E eu não tive como pensar em outra coisa. A partir dali eu não sabia como, quando, quanto custava. Eu não tinha noção. Mas eu sabia que a gente precisava fazer alguma coisa – conta Karize.

E ela fez. O desembarque das três crianças de seis, oito, e 11 anos, além da avó delas, é o resultado de uma campanha organizada pela Karize, que arrecadou R$30 mil para viabilizar o reencontro da família, marcado por abraços fortes e lágrimas de felicidade.

— Para mim é um sonho. [Parece que] está dormindo ainda. Estou feliz demais – diz Whirllyne, emocionada.

E Karize completa:

— Passa a ser uma família agora. Uma família que ganhei de presente em 2019 – destaca.

Foram quase quatro anos de distância e cinco dias de viagem para o reencontro acontecer. A família, agora, inicia 2020 reunida novamente. O ano mal começou, e a história traz grandes lições.

— Gratidão. Gratidão em saber que uma família foi transformada. Quantas [famílias] passam por isso e a gente não consegue atingir. Agora, rumo novo, vida nova e começar do zero — completa Karize

— Uma vida melhor, uma vida nova. Porque só tenho meus filhos na minha vida, e agora todos eles estão aqui. Estou muito feliz – diz Whirllyne em meio aos agradecimentos.

Leia as últimas notícias de Joinville e região.

Colunistas