Oito anos e duas Copas do Mundo comandando a seleção de Portugal não foram suficientes para manter o treinador Fernando Santos após a eliminação no mundial do Catar, diante de Marrocos, nas quartas de final. De acordo com o jornal “O Jogo”, o acordo de demissão ocorreu na terça-feira.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

Agora, para a sequência do trabalho à frente da seleção portuguesa, o favorito para assumir o cargo de Fernando é José Mourinho, que está treinando a Roma, da Itália.

Nas redes sociais, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) agradeceu o trabalho do treinador e escreveu: “Obrigado por tudo, Mister Fernando Santos”. 

Fernando Santos deixa Portugal após 105 jogos no comando da seleção e ter conquistado a Eurocopa, em 2016, e a Liga das Nações, em 2019. 

Leia também

Penta com o Brasil, Cafu diz que gostaria de Diniz ou Rogério Ceni como novo treinador da Seleção

“Eu, como brasileiro, tenho que torcer para a França”, diz ex-goleiro Julio César

Destaques do NSC Total