nsc
dc

Arte têxtil

Festival nacional de quilt e patchwork premia trabalhos do Brasil e exterior

Décima quinta edição do evento premiou doze trabalhados apresentados no Centro de Eventos da FAURGS em Gramado

02/10/2012 - 02h02

Compartilhe

Por Redação NSC
O primeiro lugar na categoria painel inovativo ficou com "Rancho das Flores", de Adriana Sleutjes, de Porto Alegre
O primeiro lugar na categoria painel inovativo ficou com "Rancho das Flores", de Adriana Sleutjes, de Porto Alegre
(Foto: )

Evento pioneiro no Brasil que reúne a comunidade do patchwork e das artes têxteis em torno das principais tendências e técnicas, o 15º Festival Brasileiro de Quilt e Patchwork se encerrou no último sábado, dia 29, em Gramado, após quatro dias de realização. Nesta edição, o tradicional concurso que premia os melhores trabalhos em oito categorias e que reforça seu compromisso com o desenvolvimento do patchwork, ganhou uma nova modalidade: Painel Internacional.

Além disso, entre as novidades apresentadas na edição comemorativa, esteve a criação da Embaixada do Quilt, localizada na Rua Coberta, no centro de Gramado, onde ocorreu uma minimostra de quilts e serviu como uma espécie de central de informações.

Exposições e serviços movimentam Serra

Em quatro dias, o Festival proporciona uma experiência completa para os apaixonados pela arte. Na programação, estavam previstas 36 atividades - entre cursos, workshops, oficinas, palestras e avaliação de quilts, com renomados mestres brasileiros e estrangeiros - e dez mostras que oferecem um panorama da produção, técnica e criação, do patchwork e do quilt no Brasil, totalizando a 300 peças em exposição. Uma completa feira de produtos e serviços para patchwork, com mais de 60 expositores, completou as atividades do evento.

Na abertura do evento, foram revelados os trabalhos premiados nas categorias Colcha, Painel Tradicional, Painel Inovativo, Pequenos Quilts, Miniatura, Estreante e Melhor Painel internacional. Além desses, o júri, formado por juízas da Associação Brasileira de Patchwork e Quilt (ABPQ), concedeu prêmios especiais para Melhor Peça do Concurso, Melhor Uso de Cor, Melhor Quiltado à Mão e Melhor Quiltado à Máquina. O prêmio Melhor Peça pelo Júri Popular foi divulgado no sábado, no encerramento do festival. Confira a lista de todos vencedores abaixo:

CATEGORIA COLCHA

1º Lugar: Maria Luiza Hasegawa - Vitrine, São Paulo, SP

2º Lugar: Marcia Baraldi - Debut, Florianópolis, SC

3º Lugar: Tania Rodarte - Apareceu a Margarida, Rio de Janeiro, RJ

CATEGORIA PAINEL TRADICIONAL

1º Lugar: Lucia Souza - Roda da Vida, São Vicente, SP

2º Lugar: Sonia Sueli Padaraz - Esplendor, Florianópolis, SC

3º Lugar: Marcia Cristal - Cristal, Florianópolis, SC

CATEGORIA PAINEL INOVATIVO (foto no alto)

1º Lugar: Adriana Sleutjes - Rancho das Flores, Porto Alegre, RS

2º Lugar: Celi Konte e Ciça Mora - Carla, Rio de Janeiro, RJ

3º Lugar: Adalene Ritter - Mais Que o Violeta dos Olhos, Caxias do Sul, RS

CATEGORIA PAINEL FIGURATIVO

1º Lugar: Jane Leonetti - Sonhos da Minha Infância (foto abaixo)

2º Lugar: Joyce Loss - Os Quatro Gaudérios, Porto Alegre, RS

3º Lugar: Magali Landi e Ida Saliba - Fun, São Paulo, SP

CATEGORIA PEQUENOS QUILTS

1º Lugar: Suzana Refatti - Mar Tranquilo, Laguna, SC

2º Lugar: Sabrina Moeller da Rosa - Meditação, Rio Grande, RS

3º Lugar: Arietti Norma Fernandes - Prenúncio da Primavera, Pelotas, RS

CATEGORIA MINIATURA

1º Lugar: Sabrina da Rosa - Mar da Magia, Rio Grande, RS

2º Lugar: Janethy Carvalho, Penedo, Belo Horizonte, MG

CATEGORIA ESTREANTE

1º Lugar: Maria Cristina Maluf - Flores do Meu Jardim, Porto Aegre, RS

2º Lugar: Suzana Refatti - Colheita de 100 Folhas, Laguna, RS

3º Lugar: Silvina Maria Kieling - Inverno, Novo Hamburgo, RS

MELHOR PAINEL INTERNACIONAL

1º Lugar: Celilia Koppmann - Bueno Aires Vila 31, Buenos Aires, ARG

2º Lugar: Celilia Koppmann - El Color Em Acion, Buenos Aires, ARG

3º Lugar: Poli Arion - Lunas Tormentosas, Punta del Este, URU

MELHOR USO DE COR

Joice Loss - Os Quatro Gaudérios

MELHOR QUILTADO À MÃO

Lucia Souza - Roda da Vida (imagem a seguir)

MELHOR QUILTADO À MÁQUINA

Marcia Baraldi - Debut

MELHOR PEÇA DO CONCURSO

Anemarie Scherrer - Snow Cathcher (foto abaixo)

Colunistas