nsc
    dc

    Estadual

    Figueirense empata com Juventus no Scarpelli pelo Catarinense 2020 

    Jogo de poucos lances termina com o placar zerado

    23/01/2020 - 22h54

    Compartilhe

    João Lucas
    Por João Lucas Cardoso
    Figueirense 0 x 0 Juventus: jogo de poucos lances no Scarpelli, pela rodada 1 do Catarinense 2020
    Figueirense 0 x 0 Juventus: jogo de poucos lances no Scarpelli, pela rodada 1 do Catarinense 2020
    (Foto: )

    Figueirense e Juventus empataram em 0 a 0 pela primeira rodada do Catarinense 2020, na noite desta quinta-feira. O placar fechado no Orlando Scarpelli, diante de 3.678 torcedores não poderia ser diferente. O Figueira não conseguiu criar jogadas e sentiu o pouco tempo de pré-temporada. As melhores chances, todas no primeiro tempo, foram do time de Jaraguá do Sul. O Alvinegro neutralizou o adversário e o zero imperou, ainda mais com uma etapa complementar sem lances significativos.

    Na segunda rodada do Catarinense os dois times vão jogar às 16h de domingo e contra times do Sul de Santa Catarina. O Figueirense vai a Tubarão, no Domingos Gonzalez, encarar os donos da casa. Já o Juventus faz a estreia diante da torcida em Jaraguá do Sul, diante do Criciúma.

    O jogo

    Com apenas dois minutos o Figueirense parou no travessão e na defesa grená. Patrick apareceu na área e deu o toque de cobertura do goleiro - ou um cruzamento para um companheiro completar. A bola foi no ferro e deu rebote que Diego Gonçalves tentou completar do jeito que deu. Pegou mal e foi o bastante para o zagueiro Rogélio afastar a pouquíssimos metros da risca do gol.

    O lance acordou o Juventus, que tomou a posse e o controle e se assanhou na frente. Faria Sidão mostrar serviço aos 12, depois de cruzamento de Marllon que encontrou o pequenino Fabinho em boa condição de cabecear. Foi certeiro, mas o goleiro do Figueira apresentou o cartão de visitas com resposta rápida e a bola espalmada. Dez minutos depois, o Moleque Travesso se atreveu outra vez com Fabinho. Ele recebeu no meio, arrancou e bateu cruzado. Rente ao poste.

    Na sequência, o Juventus foi obrigado a fazer a segunda substituição na partida, com menos de um quarto de tempo regulamentar. O zagueiro Dodi e o volante Hildo deixaram o campo por causa de lesões musculares. Então, o Figueirense aproveitou das mudanças do adversário, botou a bola no chão e retomou o controle da partida. Porém, a equipe não conseguia criar jogadas, tampouco finalizar. Tentou levar perigo na bola parada, mas Hudson Jr. não foi testado.

    Figueirense e Juventus pouco criaram no Scarpelli, pela primeira rodada do Catarinense 2020
    Figueirense e Juventus pouco criaram no Scarpelli, pela primeira rodada do Catarinense 2020
    (Foto: )

    Sem alterações do intervalo nos dois times, o Figueirense tomou a frente do jogo. Porém, continuava com o mesmo problema. O chute de fora da área ia para longe, o cruzamento passava sobre o gol. Mas o Juventus não conseguia lances de perigo como no primeiro tempo - longe disso. A chuva que apertou na etapa não colaborou.

    Cansado, Arouca deixou o jogo para dar lugar ao meia Guilherme. Não funcionou a alteração do Figueira. O técnico Márcio Coelho tentou então com Everton Santos. O Figueirense ainda contou com o jovem Lucas Henrique no meio e o Juventus com o centroavante Juliano Levak para os últimos minutos. Porém, o jogo de raros arremates persistiu.

    A segunda melhor chance do Figueirense em toda a partida - a primeira foi aquela aos dois minutos - foi na bola parada. Lucas bateu falta na área e Everton Santos desviou de cabeça certeiro. Mas Hudson Jr. apareceu para espalmar no reflexo. O 0 a 0 foi justo.

    Figueirense 0 x 0 Juventus

    FIGUEIRENSE

    Sidão; Lucas, Rony, Pereira e Sanchez Costa; Paulo Ricardo (Lucas Henrique), Patrick e Arouca (Guilherme); Diego Gonçalves (Everton Santos), Vitor Feijão e Nicholas. Técnico: Márcio Coelho.

    JUVENTUS

    Hudson Jr.; Jackson, Rogélio, Doni (Felipe Gregório) e Luiz Henrique; Hildo (Sampson), Ronald e Marllon; Denner, Régis e Fabinho (Juliano Levak). Técnico: Jorginho.

    CARTÕES AMARELOS: Patrick, Pereira e Sanchez Costa (F). Fabinho e Hudson Jr. (J)

    ARBITRAGEM: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Henrique Neu Ribeiro e Adenílson Teófilo Cardoso.

    BORDERÔ: 3.678 torcedores, para renda de R$ 57.330.

    LOCAL: Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

    Mais notícias sobre o Catarinense 2020 no NSC Total

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas