O verão no hemisfério sul está chegando ao fim e dando espaço para o outono, que terá início dia 20 de março. Para esta estação, a previsão é de chuva acima da média climatológica, em Santa Catarina. A chuva segue mal distribuída, com totais mais elevados em alguns locais do Estado. Segundo a Epagri/Ciram, o fenômeno do El Niño deve chegar ao fim, e o outono deve marcar a transição para a neutralidade climática, com possibilidade de La Niña na sequência. As condições serão monitoradas no decorrer do ano.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Neste final de verão e início de outono, a atuação do fenômeno El Niño mantém o risco de eventos extremos com chuvas e ventos intensos e totais elevados em curto intervalo de tempo, temporais com forte atividade elétrica (raios), granizo e ventania.

Precipitação

As chuvas de verão (convectivas) devem diminuir na segunda quinzena de março, dando espaço para as frentes frias, que serão responsáveis pela maior parte da chuva em Santa Catarina. A média mensal irá variar de 100mm a 130mm do Oeste ao Planalto e de 150mm a 210mm no Litoral do Estado. Em abril e maio, a chuva diminui ainda mais e a média mensal fica em torno de 100mm a 170mm, no Estado.

A partir de março, ciclones extratropicais atuam com mais frequência no litoral do Uruguai, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, provocando vento intenso, mar agitado com ressaca e perigo para a navegação no litoral catarinense.

Continua depois da publicidade

Temperatura

A previsão para os próximos meses é de temperatura próxima da média climatológica, em Santa Catarina. Em março devido a influência do El Niño, massas de ar quente ainda atuam no Estado, com dias consecutivos de temperatura alta até o início do outono. Episódios isolados com formação de geada ao amanhecer podem ocorrer nas áreas altas do Planalto Sul em março, ficando mais frequentes e estendendo-se às demais regiões do Estado a partir de abril com a chegada das massas de ar frio ao Sul do Brasil.

Santa Catarina no Outono

*Sob supervisão de Andréa da Luz

Leia também

Mapa mostra áreas de Santa Catarina que poderão ficar submersas até 2030

Calor extremo deixa SC em alerta de “perigo” com temperaturas que podem chegar a 40ºC

Destaques do NSC Total