nsc
    dc

    Tragédia no Ninho do Urubu

    Flamengo vai recorrer de decisão favorável às famílias de vítimas do incêndio no CT 

    Uma decisão liminar da Justiça do Rio de Janeiro determinou que o Flamengo pagasse uma pensão mensal de R$ 10 mil às famílias dos dez jovens atletas que morreram no incêndio no Ninho do Urubu

    10/12/2019 - 11h44 - Atualizada em: 13/12/2019 - 12h00

    Compartilhe

    Por Folhapress
    Catarinenses Vitor Isaías e Bernardo Pisetta morreram na tragédia em fevereiro
    Catarinenses Vitor Isaías e Bernardo Pisetta morreram na tragédia em fevereiro
    (Foto: )

    Vice-presidente jurídico do Flamengo e responsável pelas negociações referentes ao incêndio do Ninho do Urubu, Rodrigo Dunshee afirmou que vai recorrer da decisão judicial que determinou que o clube pague R$ 10 mil mensais para as famílias.

    Atualmente, o clube paga R$ 5 mil por mês para os familiares de cada vítima. A decisão foi motivada por ação do Ministério Público e da Defensoria Pública estaduais. O clube diz entender que não cabe a esses órgãos atuarem no caso.

    — Vamos recorrer, é um direito constitucional. Não reconhecemos o direito de eles [MP e Defensoria] em entrar com a ação [para representarem as famílias]" – disse Dunshee, que salientou que os familiares das vítimas têm advogados no caso.

    A decisão, assinada pelo juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira, do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), é do dia 4 do mês passado. O clube rubro-negro, no entanto, só foi intimado em 5 de dezembro e, a partir de então, tem oito dias para responder ao processo.

    ​Leia as últimas notícias do NSC Total​

    ​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas