nsc
hora_de_sc

Pandemia

Florianópolis tem queda de 33% em casos ativos de coronavírus em 15 dias; veja situação por bairro

A Capital passou de 2.093 casos ativos para 1.389 no período

07/01/2021 - 05h00 - Atualizada em: 07/01/2021 - 10h53

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
O Centro de Florianópolis é o bairro com mais casos ativos entre seus moradores
O Centro de Florianópolis é o bairro com mais casos ativos entre seus moradores
(Foto: )

O número de casos ativos de covid-19 diminui 33% em Florianópolis num intervalo de duas semanas. De 2.093 registros, a Capital passou a 1.389. Mesmo com a redução, o município segue na segunda posição em relação a pessoas que podem transmitir o vírus, ficando atrás apenas de Joinville, que tem 1.881. 

O número de casos ativos caiu nos 15 bairros de Florianópolis que concentravam a maioria dos registros há 15 dias, passando de 282 para 143. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Para a epidemiologista e mestre em investigação clínica, Carolina Ponzi, a redução dos casos pode ser reflexo de um maior cuidado da população nas semanas seguintes às eleições municipais. Contudo, ela alerta que a tendência é de aumento no número de casos e internações nas próximas semanas em consequência das aglomerações registradas no fim de ano. 

— A gente espera para o final da segunda semana de janeiro e início da terceira, um aumento no número de internações com rescaldo agora das festas de final de ano. O número de casos deve aumentar por agora. [...] Nós estamos com a expectativa que a coisa volte a aumentar — diz.

Todos os bairros de Florianópolis têm redução de casos

A redução dos casos ativos aconteceu em todos os bairros listados há 15 dias. Quem concentra agora o menor número entre o grupo é o bairro Carianos, com 12 infectantes. Já entre os bairros que não estavam na lista, temos Capoeiras, que empata com Trindade e Agronômica, ocupando a posição de quarto bairro com mais casos ativos: são 37. 

No norte da ilha, o bairro dos Ingleses lidera os casos com 58 infectados ativos. Canasvieiras (29), Cachoeira do Bom Jesus (23) e Rio Vermelho (21) completam a lista a menor ocorrência de infectantes na região fica no bairro Vargem Pequena, com apenas cinco casos ativos. 

No Sul da Ilha, o bairro Campeche é o que mais tem casos ativos, com 51 infectados. A Tapera ocupa a segunda posição com 24 moradores doentes. Rio Tavares e Ribeirão da Ilha ficam em terceiro com 21 infectados cada um. 

Na região Continental, Capoeiras (37), Coqueiros (32) e Estreito (22) concentram a maior parte dos casos ativos. 

Os homens são a maioria entre os infectados ativos, com 763 registros. Segundo os dados, são 35 crianças de até dez anos infectadas em Florianópolis. Grupo de risco para a covid-19, 295 idosos com mais de 60 anos estão infectados. 

Veja o número de casos ativos por bairro de Florianópolis

Centro - 143

Itacorubi - 62 

Ingleses - 58

Campeche - 51 

Agronômica - 37

Capoeiras - 37

Trindade - 37

Lagoa da Conceição - 34

Coqueiros - 32

Canasvieiras - 29

Tapera - 24

Cachoeira do Bom Jesus - 23

Córrego Grande - 23 

Estreito - 22

Ribeirão da Ilha - 21

Rio Vermelho - 21

Saco dos Limões - 19

Abraão - 18

Saco Grande - 18

João Paulo - 17

Costeira do Pirajubaé - 15

Jurerê - 15

Canto - 13

Carianos - 12 

Jurerê Internacional - 12   

Balneário - 11 

Santo Antônio de Lisboa - 9

Barra da Lagoa - 8

Vargem Grande - 7

Cacupé - 6

Carvoeira - 6 

Coloninha - 6

Morro das Pedras - 6

Armação - 5 

Ratones - 5 

Vargem Pequena - 5

Pântano do Sul - 3

Prainha - 1

Leia também:

Santa Catarina tem 63 novas mortes pelo coronavírus e número de casos ativos volta a subir

Dagmara Spautz: Com meio milhão de infectados, SC precisa estabelecer quantas vidas ainda pode salvar

Colunistas