O Parque Natural João José Theodoro da Costa Neto, situado no bairro São Paulo, em Lages, foi reaberto ao público no dia 25 de novembro, após passar por obras de revitalização. As atividades envolveram a pintura externa da sede, substituição do telhado, melhorias no portal de acesso e a construção de uma cobertura para o deck.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Jean Felipe de Souza, a prefeitura de Lages tem como objetivo atrair mais visitantes ao Parque Natural, que desempenha um papel crucial na preservação da vegetação e dos animais nativos da região, além de criar um ambiente agradável e seguro para os visitantes. 

O processo de revitalização do parque também possibilitou a reforma da sede e trilhas, o mapeamento de espécies, tanto do reino animal quanto vegetal. Demarcação e instrução sobre as trilhas também foram feitas para que os visitantes consigam aproveitar sem a presença de um guia. Essas informações estão disponibilizadas em QR Code

— O objetivo é facilitar a visita nessas trilhas autoguiadas, onde a pessoa pode estar sozinha, sem a presença de um guia — esclarece o secretário. 

Continua depois da publicidade

Confira as fotos do Parque

Mais de 200 hectares de biodiversidade

O Parque Natural é uma unidade de conservação de proteção integral, criado por lei em 1997. É um dos principais remanescentes do Bioma Mata Atlântica, com uma área de 234 hectares e com uma rica biodiversidade, destacando-se mais de 168 espécies de aves, nove de répteis, 21 de mamíferos e 98 de vegetais.

Em sua área de 2,34 milhões de metros quadrados de extensão e cortado pela BR-116, a área de visitação fica apenas em uma parte, onde é possível encontrar uma diversidade de animais nativos, como Bugio, Paca, Cutia, Mão-Pelada, Ouriço-Cacheiro, muitas espécies de aves e algumas serpentes.

 O parque conta ainda com mais de 90 espécies arbóreas, nativas da Mata Atlântica. Dentre as principais estão a Bracatinga, Araucária, Guabiroba, Pimenteira, Pata de Vaca, Casca de Anta, Ingá, Caroba, entre outras.

Continua depois da publicidade

Cinco trilhas

Os visitantes do Parque Natural de Lages podem aproveitar o passeio para fazer cinco trilhas: Trilha do Xaxim; Trilha da Cachoeira; Trilha da Bracatinga; Trilha da Araucária e a Trilha do Bugio. A mais curta possui um trajeto de 270 metros e a mais extensa, 600 metros. Cada trilha está sinalizada com fitas de cores diferentes, penduradas nas árvores para que o visitante não se perca. 

— É possível fazer uma caminhada mais longa, interligando uma trilha na outra, podendo chegar a 2,5 quilômetros, em torno de uma a duas horas de passeio — explica a bióloga responsável pelo Parque, Michelle Pelozato.

*Sob supervisão de Diane Ziemann

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC.

Leia mais

Restaurante com apenas sete mesas encanta com menu e vista para os cânions de SC

FOTOS: Melhor fruta do mundo pode custar até R$ 200 no Brasil; veja os benefícios

Destaques do NSC Total