nsc
santa

Pandemia

Funcionária de hospital morre de Covid-19 em Blumenau

Em janeiro, a irmã dela, também colaboradora do Santa Isabel, recebeu alta depois de mais de um mês internada

18/03/2021 - 11h01 - Atualizada em: 18/03/2021 - 20h46

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Lucia tinha 60 anos
Lucia tinha 60 anos
(Foto: )

A funcionária do Hospital Santa Isabel, Lucia Morastoni Haertel, 60, morreu vítima de Covid-19 na manhã desta quinta-feira (18). Ela foi internada no sábado, dia 6, mas quase duas semanas depois não resistiu às complicações causadas pelo vírus.

> Receba todas as notícias do Santa no seu WhatsApp. Clique aqui.

Lucia trabalhou como secretária no Setor de Manutenção e na Associação Atlética e Cultural do hospital. Em nota, a unidade disse que a mulher exercia as funções com “dedicação e comprometimento'' e completaria completaria dez anos na empresa em outubro.

> Painel do Coronavírus: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

Nas redes sociais, Lucia comemorou em janeiro a alta hospitalar da irmã, que ficou internada por mais de um mês por conta do coronavírus. Ela também é colaboradora do hospital. O irmão, Lauri Morastoni, conta que Lucia trabalhava por amor. Aposentada, mãe e viúva, a mulher será lembrada pela alegria que tinha em viver. 

— Ela era dedicada à família, estava sempre feliz, sorrindo. Essa doença horrível a levou — desabafou Morastoni. 

> Fila de espera por UTIs em SC cresce 63% em duas semanas

Lucia tinha quatro irmãos e uma filha. Chegou a tomar a primeira dose da vacina contra o coronavírus por ser funcionária do hospital, mas não deu tempo. Contaminou-se antes de garantir a segunda aplicação. Um velório rápido para familiares será feito no Cemitério Jardim da Saudade na manhã desta sexta-feira (19).  

> Acompanhe dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

Mortes em Blumenau

Até o momento Blumenau registra 359 mortes por conta do coronavírus, segundo a prefeitura. Com a confirmação do óbito de Lucia, algo que ainda não ocorreu por parte da Secretaria de Saúde, o município chegará a 31 perdas em 18 dias, mesmo número do mês inteiro de fevereiro. 

Nas UTIs há 64 blumenauenses, a maior quantidade da pandemia.

Colunistas