nsc

    Definições

    Gean Loureiro irá analisar sugestões dos clubes da capital, FCF e SCClubes para o retorno aos treinos em campo 

    Times só voltam aos trabalhos nos CTs após a liberação do governo do estado

    07/05/2020 - 18h58 - Atualizada em: 07/05/2020 - 19h11

    Compartilhe

    Janniter
    Por Janniter de Cordes
    Gean participou de vídeoconferência com presidentes da Federação, Avaí e Figueirense
    Gean participou de vídeoconferência com presidentes da Federação, Avaí e Figueirense
    (Foto: )

    Em reunião na tarde desta quinta-feira (07) através de videoconferência, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, ouviu os presidentes de Avaí, Figueirense, SC Clubes e FCF sobre a ideia de voltar aos treinos em campo, o que ainda não foi liberado pelo governo do estado de Santa Catarina. Ao término do encontro, ficou definido que o município vai analisar as sugestões apresentadas para que quando os treinos forem liberados, a capital tenha regras mais rígidas para as atividades.

    Os dirigentes dos clubes da capital solicitaram uma conversa com o prefeito para discutir o futuro das atividades e saber qual a sua visão em caso de liberação do governo do estado dos treinos em campo. O primeiro contato aconteceu na segunda-feira e Gean Loureiro abriu as portas para um diálogo, que foi realizado nesta quinta-feira. Antes disso, o protocolo de segurança contra a Covid-19 foi entregue a secretaria municipal de saúde para as devidas análises do documento.

    Participaram da reunião virtual, além do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o secretário municipal de saúde, Carlos Alberto Justo da Silva, o presidente em exercício do Avaí, Amaro Lúcio da Silva, os presidentes do Figueirense, Norton Boppré, da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina, Francisco Battistotti, da Federação Catarinense de Futebol (FCF), Rubens Angelotti, e o chefe do departamento médico do Avaí, Luis Fernando Funchal. Depois da manifestação de todos, ficou estabelecido que a equipe técnica de saúde de Florianópolis vai estudar todas as sugestões de protocolos de segurança apresentadas pelos dirigentes. Com isso, a secretaria poderá determinar uma regra mais rígida na capital quando o governador Carlos Moisés da Silva liberar os treinos em campo.

    O prefeito Gean Loureiro disse que vai continuar seguindo as normas da equipe técnica de saúde. “Vamos seguir tomando as decisões com base nos dados e na nossa equipe técnica. Mas não vamos deixar de atender a todos os seguimentos e ouvi-los”.

    O presidente em exercício do Avaí, Amaro Lúcio da Silva avalia como positiva a reunião. “Foi excelente pelo fato de o Prefeito ter aberto diálogo com os clubes, associação e federação. Abriu a discussão com os técnicos e possibilidade do doutor Funchal contribuir com as explicações necessárias. Portanto, foi positivo e qualquer decisão será respeitando o momento epidemiológico do município”, disse o dirigente.

    O presidente da SCClubes, Francisco Battistotti, agradeceu o prefeito pela oportunidade que ele deu para que os clubes falassem sobre a situação. O dirigente destacou que não está sendo solicitado a volta do futebol, mas sim a liberação para os treinos físicos até que o governo tome uma decisão.

    Durante a conversa, o doutor Luis Fernando Funchal aproveitou para explicar a posição dos clubes, principalmente em cima do protocolo já elaborado. De acordo com o médico, este documento é rígido e exige testes para atletas e colaboradores dos clubes.

    Em nota, o Figueirense informou que segue trabalhando internamente para planejar o retorno das atividades do futebol e ressalta que segue tomando todas as medidas necessárias para proteger a saúde de seus atletas e colaboradores, deixando claro que só retorna à rotina de forma segura e responsável.

    A reportagem entrou em contato com o presidente da FCF, Rubens Angelotti, para saber a sua visão sobre a reunião, mas até o momento da publicação desta matéria, o dirigente não retornou.

    Colunistas