Também conhecidos como “Geração Coca-Cola”, em referência à música homônima da banda Legião Urbana, a Geração X se trata das pessoas nascidas aproximadamente entre o início dos anos 1960 e meados dos anos 1980, embora as datas exatas possam variar dependendo da fonte. Atualmente, são pessoas que têm entre 39 e 55 anos, e representam cerca de 20% da população brasileira.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Clique e participe do canal do Hora no WhatsApp

Esta geração é geralmente vista como uma transição entre os Baby Boomers e a Geração Y (também conhecida como Millennials). O termo apareceu pela primeira vez em 1950, como o título de um ensaio do fotógrafo húngaro, Robert Capa. Porém, foi popularizado pelo autor Douglas Coupland em seu livro de 1991 intitulado “Generation X: Tales for an Accelerated Culture”.

Continua depois da publicidade

Fotos: Banco de imagens

Prioridades da Geração X

Equilíbrio entre vida pessoal e profissional: Muitos membros da Geração X valorizam um equilíbrio saudável entre trabalho e vida pessoal. Eles podem estar interessados em ter uma carreira gratificante, mas também valorizam tempo para suas famílias, hobbies e interesses pessoais.

Segurança financeira

Os membros da Geração X são pessoas geralmente focados em garantir estabilidade financeira para si próprios e para suas famílias. Isso pode incluir planejamento financeiro para economizar para aposentadoria, comprar uma casa ou financiar a educação de seus filhos.

Continua depois da publicidade

Desenvolvimento profissional

Os membros da Geração X tendem a valorizar o avanço de suas carreiras e oportunidades de aprendizado e desenvolvimento profissional.

Autonomia e independência

A Geração X é frequentemente caracterizada por seu individualismo e desejo de autonomia. Eles podem valorizar a independência em suas vidas pessoais e profissionais, buscando tomar suas próprias decisões e controlar seu próprio destino.

Conexões significativas

Apesar de seu individualismo, muitos membros da Geração X valorizam relacionamentos significativos e conexões mais profundas com as pessoas. Eles podem priorizar passar tempo com amigos e familiares e construir relacionamentos pessoais fortes e duradouros.

Continua depois da publicidade

O que define a Geração X

Enquanto alguns membros da Geração X foram influenciados pela contracultura e seus ideais de liberdade, expressão individual e mudança social, muitos cresceram em um período em que as ideias da contracultura estavam sendo assimiladas e, em alguns casos, comercializadas ou abandonadas.

A Geração X foi caracterizada por um certo cinismo e desilusão com as instituições sociais e políticas. Eles cresceram durante eventos como a Guerra do Vietnã, os escândalos políticos e a recessão econômica dos anos 1970 e 1980. Como resultado, muitos membros da Geração X adotaram uma atitude mais pragmática e voltada para si mesmos, em contraste com o idealismo e ativismo da contracultura dos anos 1960.

Geração C: Entenda as características e quem são os “coronababies”

A Geração X também testemunhou avanços significativos na tecnologia, incluindo a popularização dos computadores pessoais, a ascensão da internet e o desenvolvimento de dispositivos eletrônicos portáteis. Eles foram os pioneiros em adotar e se adaptar a essas tecnologias emergentes, o que influenciou sua cultura e comunicação, assim como a de gerações futuras.

Continua depois da publicidade

São pessoas que tendem a ser pragmáticas e realistas em suas visões de mundo. Eles foram moldados por experiências como recessões econômicas, desemprego e incerteza política, o que os levou a adotar uma visão mais cética e cautelosa em relação ao futuro, assim como priorizar as relações familiares.

Leia mais

Geração Z: Entenda quando começa e suas características

Geração Alfa: Conheça mais sobre os nascidos no século XXI

“Baby boomers”: as características dos nascidos após a Segunda Guerra

Destaques do NSC Total