nsc
    hora_de_sc

    Polêmica

    Glória Maria reclama do "politicamente correto": "Hoje tudo é racismo, preconceito e assédio"

    A jornalista participou de uma live nas redes sociais na última sexta-feira (25)

    29/09/2020 - 07h25 - Atualizada em: 29/09/2020 - 07h29

    Compartilhe

    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    Glória voltou à apresentação do Globo Repórter na última sexta-feira (25), em um especial do programa sobre os 70 anos da TV, que será dividido em duas partes
    Glória voltou à apresentação do Globo Repórter na última sexta-feira (25), em um especial do programa sobre os 70 anos da TV, que será dividido em duas partes
    (Foto: )

    Glória Maria participou de uma live na última sexta-feira (25), em entrevista a Joyce Pascowitch, do site Glamurama - e algumas das declarações da jornalista repercutiram nas redes no começo desta semana. Mulher e negra, Glória afirmou que acha "tudo isso um saco" quando o assunto é assédio e preconceito.

    "Hoje tudo é racismo, preconceito e assédio", declarou. "A equipe com que trabalho me chama de 'neguinha', de uma forma amorosa e carinhosa. Estou há mais de 40 anos na televisão, já fui paquerada, mas nunca me senti assediada moralmente. O assedio é algo que te fere, é grosseiro, desmoraliza. Existe uma cultura hoje que nada pode. Tem que ter uma diferenciação, não dá para generalizar tudo. O politicamente correto é um porre. Acredito que o politicamente correto é o caráter, a honestidade. Esse mundo em que a gente está vem muito da amargura das pessoas, não aceito."

    A fala de Glória Maria dividiu opiniões nas redes: houve quem lamentasse o fato de uma mulher negra se posicionar de maneira que parece diminuir as lutas feministas ou antirracistas; e houve quem defendesse o posicionamento da apresentadora, dizendo que o fato de algumas pessoas atacarem Glória pela sua fala só prova o ponto da jornalista.

    > Atriz negra Yara Shahidi é escolhida para viver a fada Sininho no longa Peter Pan e Wendy

    Na live, Glória Maria falou também sobre outros assuntos: tendo emendado uma cirurgia no cérebro com a quarentena provocada pela pandemia de coronavírus, diz que está há 10 meses em isolamento - e que não acredita no "novo normal". "Viajei 40 anos sem parar e de repente estava em casa quietinha, observando. Vi coisas inacreditáveis, desamor, um mar de lama... Ou é novo, ou é normal; vamos ter que partir de novos olhares. Nada mudou, mas algumas pessoas se viram melhor, começaram a se observar. Será que é preciso uma pandemia para olhar para o outro? Isso é uma coisa da sua alma; não acredito nessa ajuda só porque é hora de ajudar. Ou você olha sempre para o outro, ou você não olha nunca."

    Glória voltou à apresentação do Globo Repórter na última sexta-feira (25), em um especial do programa sobre os 70 anos da TV, que será dividido em duas partes. "A produção do programa me mandou o material do acervo, e revi coisas da minha história de que não lembrava mais", conta a jornalista. "Várias vezes me emocionei e chorei. Revivi momentos da minha trajetória e estou viva para recordar isso."

    > Demi Lovato termina com Max Ehrich dois meses após anunciar noivado

    Confira a live na íntegra:

    Ver essa foto no Instagram

    De TV, de amores, de assédio e mostra como é feliz!

    Uma publicação compartilhada por Glamurama (@glamurama) em

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas