nsc
dc

Turismo

Governador Celso Ramos adia início de cobrança de pedágio ambiental

Mudança na data da cobrança para 15 de novembro ocorreu pelo movimento de moradores e pessoas que possuem imóvel na cidade em busca da isenção da taxa de preservação

31/10/2019 - 16h19 - Atualizada em: 31/10/2019 - 21h46

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Governador Celso Ramos será a segunda cidade do Estado a adotar pedágio ambiental
Governador Celso Ramos será a segunda cidade do Estado a adotar pedágio ambiental
(Foto: )

A prefeitura de Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis, adiou o início da cobrança do pedágio para turistas, a Taxa de Preservação Ambiental (Eco TPA). A cobrança, que estava prevista para começar nesta sexta-feira, 1º de novembro, passou para a 0h do dia 15 de novembro, uma sexta-feira.

O motivo, segundo comunicado aos moradores emitido pela prefeitura, é o fato de que nos últimos dias houve uma intensa procura de moradores de Governador Celso Ramos e pessoas que possuem imóvel na cidade para pedir a isenção da Eco TPA.

A partir desta sexta, o cadastro passará a ser feito também no escritório central da cobrança, no bairro Areias de Cima, todos os dias, das 8h às 20h. Os moradores têm até o dia 14 para fazer o cadastro prévio.

Além disso, moradores e prestadores de serviço que vão trabalhar na cidade podem se cadastrar em outros dois pontos: a Secretaria de Segurança Pública e o Mirante Calheiros, das 13h às 19h, de segunda a sexta-feira.

Acesse as últimas notícias do NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Colunistas