nsc
dc

Segurança 

Governador Moisés convoca 51 delegados para reforçar a Polícia Civil de SC

Profissionais haviam sido aprovados no concurso público feito em 2015, que venceria no dia 18 deste mês

06/05/2019 - 17h04 - Atualizada em: 07/05/2019 - 07h00

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Governador Moisés fez anúncio ao lado do delegado-geral da Polícia Civil em SC, Paulo Koerich
Governador Moisés fez anúncio ao lado do delegado-geral da Polícia Civil em SC, Paulo Koerich
(Foto: )

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), anunciou na tarde desta segunda-feira a convocação de 51 delegados para reforçar a Polícia Civil do Estado. Esse grupo havia sido aprovado no último concurso público, feito em 2015 e que venceria no dia 18 deste mês.

A notícia de que o governo vai chamar esses profissionais para atuar foi anunciada em um vídeo na página do governador no Facebook, feito antes do início da reunião do colegiado. No anúncio, ao lado do delegado-geral da Polícia Civil em SC, Paulo Koerich, Moisés explica que a convocação de mais servidores está em análise, mas esse grupo de 51 delegados foi colocada em primeiro plano.

– Estamos tratando de todos esses chamamentos de concursos, de aprovados, excedentes, mas esse caso é prioritário porque o concurso vence agora. Fortalecendo nosso compromisso com a Polícia Civil de SC – afirmou.

A convocação desses delegados havia sido solicitada por Koerich no final de janeiro deste ano e agora foi aprovada pelo grupo gestor do governo do Estado. A nomeação ainda depende de um procedimento da Secretaria de Administração antes de ser feita pela Secretaria de Segurança Pública. Ainda não há informação sobre as regiões que devem contar com esses reforços nas equipes de delegados.

– Esses 51 novos concursados aprovados, quando chamados e (após) ingressarem na Academia de Polícia Civil, após o curso de formação, serão destinados a todas as regiões de SC, de acordo com critérios técnicos que já estão elencados, visando suprir as necessidades das unidades policiais civis – informou Koerich.

Os 51 delegados começarão o Curso de Formação na Academia de Polícia Civil (Acadepol) em meados de junho, com duração de seis meses. O governo do Estado também analisa outras nomeações na área de segurança pública, como no Corpo de Bombeiros Militar.

Colunistas