nsc
santa

VALE DO ITAJAÍ

Homem compra furadeira furtada por morador de rua em Brusque e acaba condenado

Ele teria pago, segundo a Justiça, R$ 50 e uma garrafa de vinho

04/03/2022 - 12h57

Compartilhe

Por Giulia Machado
Furadeira é comercializada por R$ 780 em lojas do ramo
Furadeira é comercializada por R$ 780 em lojas do ramo
(Foto: )

Um morador de Brusque foi condenado pela Justiça por comprar uma furadeira de um morador de rua com R$ 50 e uma garrafa de vinho. A furadeira havia sido furtada e foi comprada pelo homem por menos de 10% do valor de mercado.

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

A condenação por receptação culposa gerou uma multa de um salário mínimo que deverá ser paga em um prazo de 30 dias. Se não for feito o pagamento, o homem pode cumprir pena de prisão de três meses.

De acordo com a denúncia, o homem teria oferecido o dinheiro e a garrafa de vinho de R$ 13 em troca do equipamento, que é comercializado por R$ 780 em lojas do ramo. O morador de rua havia furtado a ferramenta da caçamba de um veículo que estava estacionado nas proximidades e aceitou o pagamento.

O juiz considerou que o homem deveria ter procurado saber a procedência do equipamento que estava comprando.

“Trata-se de descuido quanto à exata origem da coisa, a qual deveria ser presumida de procedência criminosa e, portanto, deixada de lado pelo réu”, destacou na decisão.

Na receptação culposa, a pessoa deve desconfiar, pelo contexto da situação, de que o bem que está comprando foi adquirido por quem vende através de furto. A pena é diferente da receptação dolosa, em que o réu sabe que o bem que adquiriu foi furtado anteriormente.

A decisão é passível de recurso.

* Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

Homem é atacado no meio da rua em Blumenau e leva 15 facadas, diz polícia

Arranha-céu de Balneário Camboriú é o novo maior prédio da América do Sul

Blumenau contrata PM para a segurança interna dos terminais de ônibus

Blumenau acompanha Estado e desobriga máscaras para crianças em escolas

Colunistas