A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão contra um homem de 67 anos na tarde desta quarta-feira (22), em Tubarão, no Sul de Santa Catarina. Ele foi condenado a 19 anos e 20 dias de reclusão pelo crime de estupro de vulnerável contra a própria neta.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

O mandado foi expedido pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Tubarão e cumprido pelos policiais da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) do município.

O homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da Justiça para o cumprimento da pena.

O cumprimento do mandado faz parte da operação ‘Caminhos Seguros’, que busca combater a exploração sexual de crianças e adolescentes em todo o país.

Continua depois da publicidade

O crime

Conforme as investigações da Polícia Civil, o homem condenado praticou ‘atos libidinosos diversos da conjunção carnal’ com uma de suas netas. O crime teria acontecido em pelo menos duas oportunidades em 2018.

À época dos fatos, a vítima tinha entre 7 e 8 anos de idade, o que configura estupro de vulnerável.

Leia também

Trio investigado por homicídio e ocultação de cadáver é preso em Florianópolis

SC é o segundo estado com mais casos de assédio judicial contra jornalistas

Conheça Tubarão: universidade, história ferroviária e águas termais 

Destaques do NSC Total