publicidade

Polícia
Navegue por

Crime ambiental

Homem é preso com 16 aves silvestres que seriam vendidas irregularmente em Joinville 

Neste tipo de crime, conforme a polícia, somente um animal a cada dez capturados sobrevive

07/03/2019 - 08h06 - Atualizada em: 11/03/2019 - 20h52

Compartilhe

Redação
Por Redação AN

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC), prendeu em flagrante um homem com 16 aves silvestres presas em gaiolas em Joinville. O crime está previsto na Lei de Crimes Ambientais, de fevereiro 1998, que prevê que manter espécies silvestres em cativeiro, sem permissão, pode gerar detenção de seis meses a um ano, e multa.

De acordo com as investigações, o suspeito mantinha irregularmente os animais em cativeiro, assim como realizava a venda das aves por meio das redes sociais. Dados da PC demonstram que o tráfico ilícito de animais silvestres é o terceiro maior negócio ilegal do mundo. A cada dez animais capturados pelos traficantes, somente um sobrevive.

Após o flagrante, as aves foram encaminhadas ao Batalhão de Polícia Ambiental de Joinville, onde passarão por avaliação para depois soltar os animais em local apropriado.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação