nsc
an

Justiça

Homem que matou sogro e tentou assassinar ex-mulher é condenado a sete anos de prisão no Planalto Norte

O condenado recebeu pena pelos crimes de homicídio, tentativa de feminicídio e posse ilegal de arma de fogo

11/08/2021 - 15h04

Compartilhe

Marcelo
Por Marcelo Henrique
comarca santa cecilia
Condenação aconteceu na comarca de Santa Cecília
(Foto: )

Um homem que assassinou o sogro e tentou matar a ex-companheira foi condenado a sete anos de prisão em Santa Cecília, no Planalto Norte de Santa Catarina. Ele também foi punido com um ano de detenção, em regime fechado. Os crimes cometidos foram homicídio, tentativa de feminicídio e posse ilegal de arma de fogo. O julgamento do caso foi realizado na última sexta-feira (6), pelo Tribunal do Júri da comarca de Santa Cecília.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

> Assine a newsletter do A Notícia e receba os destaques da região no seu e-mail

Antes de o crime acontecer, a mulher buscou na Justiça medidas de proteção contra o ex-marido por crimes de violência doméstica. Conforme denúncia do Ministério Público (MP), esse teria sido o motivo do assassinato e da tentativa de feminicídio. O homem queria se vingar pela acusação feita pela ex-mulher.

Na noite do dia 5 de fevereiro de 2020, o acusado foi armado para a casa das vítimas. O pai da ex-companheira tentou impedir a aproximação do homem. Porém, o criminoso atirou no peito do sogro e depois fugiu do local.

Em seguida, o homem foi perseguido pela ex-mulher e o irmão dela. Nesse tempo, ele tentou atirar mas não conseguiu por falha mecânica da arma.

O juiz Gabriel Marcon Dalponte negou ao criminoso o direito de recorrer em liberdade. Além disso, ele determinou a perda e a entrega da arma, munições e acessórios apreendidos para o Exército.

*Sob supervisão de Lucas Paraízo

Leia também:

Funcionário de empresa de Jaraguá do Sul não aceita suspensão e vira caso de polícia

Joinville abre agendamento para vacinação contra Covid de pessoas com 28 e 29 anos

Colunistas