nsc
an

Saúde

Hospital Infantil foi a unidade que mais aumentou leitos em Joinville em 10 anos

A cidade mantém a mesma média de vagas por habitantes nos hospitais desde 2008

31/10/2018 - 03h05

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Entre as sete unidades hospitalares que atualmente oferecem leitos pelo Sistema Único de Saúde em Joinville, a que mais teve crescimento foi o Hospital Infantil Doutor Jeser Amarante Faria. Em 2008, logo após ser aberto à população, a unidade tinha 41 leitos, número que hoje chega a 152. Na cidade, a média de leitos por número de pessoas é a mesma desde 2008, já que houve ampliações nos hospitais, mas também crescimento da população.

Enquanto em 2008 o índice de leitos públicos e privados por mil habitantes era 2,11, hoje é de 2,17. Foram 229 leitos para 91 mil novos habitantes. Ou seja, a taxa segue abaixo do recomendando pelo Ministério da Saúde, que é de 2,5 e 3 leitos para cada mil habitantes.

Além disso, houve aumento de oferta no Hospital Municipal São José, no Hospital Regional Hans Dieter Schmidt e no Hospital Bethesda. Juntos, eles passaram de 531 para 598 leitos. O Centro Hospitalar Unimed e o Hospital Dona Helena também contam cada um com um leito oferecido pelo SUS para a captação de órgãos.

A única unidade que teve redução na oferta ao longo dos últimos 10 anos foi a Maternidade Darcy Vargas. Em 2008, eram 138 leitos existentes, enquanto hoje são 105, de acordo com os dados do CNES.

Se forem considerados também os 354 leitos privados divididos entre quatro unidades da cidade e outros leitos da rede pública que ainda não estão habilitados junto ao Ministério da Saúde, o crescimento no número de leitos em Joinville alcança 21,9%. Nos dados do CNES, não são considerados como existentes os 14 leitos do Hospital São José, os 14 leitos de psiquiatria do Hospital Infantil – apesar de já estarem em funcionamento – e outros 17 leitos da Darcy Vargas que ainda não estão credenciados.

Leia mais:

Joinville mantém média de número de leitos por habitantes em dez anos

Colunistas