O ecossistema de inovação de Santa Catarina está em plena expansão. Ele é constituído por diversos habitats de inovação, fundos de investimento, universidades de ponta, instituições de apoio, além de fomento, leis e programas de incentivo à tecnologia e inovação. E é isso que proporciona um ambiente fértil para o desenvolvimento de empresas inovadoras.

Continua depois da publicidade

Ano após ano, o número de empresas no setor de tecnologia do nosso Estado cresce. Em 2016 eram pouco mais de 9 mil. Hoje em dia, já são mais de 18 mil que empregam mais de 70 mil trabalhadores, segundo dados da Associação Catarinense de Tecnologia – ACATE. Só na Grande Florianópolis, se concentra a maior fatia de empresas de tecnologia, com 7 mil negócios e quase metade do faturamento anual, que representa R$ 10,2 bilhões.

O papel da inovação e do empreendedorismo no desenvolvimento econômico é de grande relevância. É possível afirmar que um depende muito do outro. A inovação e o empreendedorismo são responsáveis por dar corpo a novas empresas, geração de novos empregos, aumento da competitividade e da produtividade, além de melhoria na qualidade de vida da população, que vê seu trabalho ser mais bem remunerado. Além disso, essa dupla ajuda a enfrentar muitos desafios socioambientais, como as mudanças climáticas, escassez de recursos naturais e a desigualdade social.

E o empreendedorismo?

Quando se pensa em inovação, se fala sobre a criação e implementação de novas ideias, produtos, serviços, processos ou tecnologias que gerem valor para as empresas, seus consumidores e público em geral. É importante ressaltar que inovar não significa, necessariamente, criar algo do zero. Inovação pode ser simplesmente a aplicação comercial de ideias já existentes.

E ao falar sobre empreendedorismo, se fala sobre a capacidade de profissionais identificarem oportunidades de negócios e transformá-las em negócios rentáveis e sustentáveis.

Continua depois da publicidade

Individualmente, inovação e empreendedorismo já promovem grandes avanços econômicos e um expressivo impacto na sociedade. Porém quando alia-se um ao outro, a transformação tem ainda mais impacto.

Nesse cenário, Santa Catarina é o estado do Brasil que mais se destaca. Os 217 mil pequenos negócios abertos no ano passado representam 95% do total de empresas abertas em nosso estado. Foi registrado uma taxa de sobrevivência das empresas de 90%, algo que podemos atribuir ao nível de inovação aplicado por elas e sua relevância no mercado. As cidades onde mais negócios foram abertos são Balneário Camboriú, Itapema e Florianópolis.

SC não para de crescer

O PIB catarinense cresceu 3,7% em 2023 puxado pelo setor de serviços, uma alta que mais uma vez superou o crescimento do país, que foi de 2,9%. Com isso, o PIB catarinense atingiu R$ 505,3 bilhões. O Estado tem como principal fonte de renda a exportação, tanto para outros estados como para o exterior. A pauta de exportação é diversificada, podendo se destacar: motores elétricos, compressores e tecidos. Já a renda média dos catarinenses foi de R$ 2.269, no ano passado, colocando o estado na quinta posição nacional.

A agropecuária foi um dos destaques que ajudaram a puxar para cima o PIB de SC, com crescimento de 12,7%, influenciado principalmente pela agricultura, que cresceu 20%. Colecionamos os títulos de maior produtor nacional de suínos, cebola, maçã, pescados, ostras e mexilhões. O volume de atividades turísticas teve também participação significativa, com aumento de 6,7%.

Continua depois da publicidade

Em suas diversas plataformas, a NSC, juntamente aos patrocinadores do projeto Gestão de Valor, Square SC, Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil (Sicoob), Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), e apoio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (CREA-SC) e Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (FEESC) seguem abordando temas a respeito de como a inovação gera impactos positivos no cotidiano de toda a sociedade.

Um talk gratuito e aberto ao público será realizado no dia 27 de junho, no Square SC, mediado pela jornalista Eveline Poncio, repórter e apresentadora da NSC TV. O evento reunirá empreendedores de destaque no cenário estadual para compartilhar suas ações inovadoras. Mais informações serão confirmadas em breve e anunciadas nos meios de comunicação da NSC.