nsc
    dc

    Tecnologia

    Instagram e os riscos para a saúde mental 

    Mais importante do que usar a tecnologia é saber como usar, o tempo dedicado às redes sociais deve ser muito bem administrado, caso contrário, acabamos virando reféns das mesmas 

    28/03/2019 - 05h25 - Atualizada em: 28/03/2019 - 08h08

    Compartilhe

    Leonardo
    Por Leonardo de Abreu
    (Foto: )

    O Instagram se tornou parte do nosso cotidiano, o aplicativo é um dos mais utilizados atualmente, tanto para se conectar com empresas, quanto para se conectar com o mundo. A rede social foi lançada em 2010 pelo norte-americano Kevin Systrom e pelo brasileiro Mike Krieger - ambos engenheiros de software. Com apenas alguns cliques conseguimos postar fotos, mandar mensagens, conhecer novos perfis, fazer amizades, lives, entre outros recursos.

    Tech SC: acesse e fique por dentro do universo da tecnologia no Estado

    Apesar de muitos pontos positivos, a ferramenta vem desencadeando diversos problemas alarmantes como depressão e ansiedade; uma pesquisa da Sociedade Real para Saúde Pública na Grã-Bretanha apontou que o Instagram é a rede social mais perigosa para a saúde mental. Diante da situação, o aplicativo passou a informar o contato do Centro de Valorização da Vida, além de dar dicas de saúde mental, sempre que o usuário digitar na aba "Pesquisar" as hashtags #ansiedade ou #depressão.

    Mais importante do que usar a tecnologia é saber como usar, o tempo dedicado às redes sociais deve ser muito bem administrado, caso contrário, acabamos virando reféns das mesmas. Já parou para pensar como a vida de todo mundo é maravilhosa nas fotos? Amigos sorridentes, paisagens deslumbrantes, comidas deliciosas, corpos impecáveis; na internet, as pessoas têm o poder de criar a imagem do que querem passar para o mundo, só que nem sempre essa é a realidade. A “vida perfeita” compartilhada no Instagram faz com que os jovens desenvolvam expectativas irreais sobre suas próprias experiências.

    Há algum tempo, Selena Gomez, uma das artistas mais seguidas da plataforma, publicou uma foto sorridente com a seguinte legenda: "Tirando umas férias das redes sociais. De novo. Por mais que eu seja grata pela voz que as redes sociais nos dão, sou igualmente grata por ser capaz de me afastar e viver minha vida no presente, o momento que me foi dado. Um pouco de gentileza e encorajamento! Apenas lembre-se: comentários negativos podem machucar qualquer um". Essa não é a primeira vez que a artista se afasta por completo das redes; mesmo quando atualiza o seu "feed", tenta manter um contato mínimo com os internautas, ao ponto de apenas consultar o Instagram no celular de uma amiga.

    Muita gente se aproveita da plataforma para espalhar o ódio; os ataques, na maioria das vezes, são comentários maldosos referente ao corpo, aparência e hábitos. Por isso, é de extrema importância para saúde mental um “detox” destes lugares. Nos tempos modernos, parece que todo mundo compartilha momentos, mas esquece de vivê-los.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas