Com as chuvas contínuas em todas as regiões de Joinville nesta segunda-feira (28), a prefeitura decidiu manter a situação de alerta na cidade, com a Defesa Civil e outras forças de segurança e salvamento em plantão para realizar os atendimentos. Até nesta manhã, foram 30 ocorrências relacionadas às tempestades. Além disso, sete famílias estão no abrigo do Morro do Meio. São 24 pessoas no total.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

De acordo com a prefeitura, apesar da chuva mais volumosa ter dado uma trégua na madrugada, a cidade ainda registra pequenos alagamentos pontuais.

Desde sábado, quando a chuva forte e volumosa teve início, mais de 50 ocorrências foram registradas. A maioria dos casos estão relacionados com alagamentos, quedas de árvores e deslizamentos. O pior caso aconteceu na rua Teresópolis, no bairro Itaum, onde um murro caiu.

A soma de maré alta, que em alguns momentos foi superior a 2 metros, com um grande volume de chuva, causou estragos em vários bairros do município. O acumulado do fim de semana se aproxima da média de precipitação prevista para todo o mês de novembro, que é de aproximadamente 220 milímetros.

Continua depois da publicidade

Em reunião no domingo, a prefeitura reuniu integrantes da Defesa Civil Municipal e Estadual, Polícia Militar, Bombeiros Voluntários, 62º Batalhão de Infantaria, Guarda Municipal, Agentes de Trânsito, Clube do Jipeiro, Grupo de Resgate em Montanha e Companhia Águas de Joinville, além das secretarias municipais para organizar os planos de atendimento à população. 

Em caso de emergência, a orientação é entrar em contato com a Defesa Civil, pelo telefone 199, ou com os Bombeiros Voluntários, pelo 193.

Abrigos emergenciais

Com pessoas desabrigadas, a cidade está utilizando as estruturas de duas escolas municipais para apoiar as pessoas atingidas. No local, há colchões e outros materiais necessários para a abertura de abrigos emergenciais.

No bairro Morro do Meio, a escola municipal Ruben Roberto Schmidlin foi preparada e já recebe famílias que tiveram que deixar suas residências.

Continua depois da publicidade

No bairro Bom Retiro, a escola municipal Professor Avelino Marcante está preparada caso seja necessário abrigar alguma família. Até o fim da tarde deste domingo, não houve necessidade de ativar este abrigo.

Aulas mantidas

As aulas nas Escolas e Centros de Educação Infantil (CEIs) da Rede Municipal de Ensino de Joinville estão mantidas nesta segunda-feira. 

De acordo com a prefeitura, caso alguma unidade tenha comprometimento estrutural ou de acesso em função do volume de chuva nas próximas horas, os responsáveis serão comunicados sobre eventuais cancelamentos pontuais.

As escolas que estão preparadas para receber as famílias desabrigadas, também terão as aulas mantidas.

Continua depois da publicidade

Abastecimento de água

O fornecimento de água dos bairros que são abastecidos pela Estação de Tratamento de Água (ETA) Piraí segue prejudicado. O bloqueio do sistema de captação, possivelmente pela queda de um tronco de árvore, e a alta quantidade de água prejudicam que o fornecimento seja restabelecido.

Os bairros diretamente atingidos são Boehmerwald, Itinga, Parque Guarani, Petrópolis, Profipo, Santa Catarina, Vila Nova, Floresta, Morro do Meio, Nova Brasília e São Marcos.

A ETA Cubatão, responsável pelo fornecimento de água para 75% da cidade, segue operando normalmente.

Leia também

Chuva causa alagamentos e prejuízos no Norte de SC

Chuvas fortes causam estragos no Vale do Itajaí; veja fotos

Casal deixa carro para trás e se pendura em cerca para escapar de correnteza em rio de SC

Destaques do NSC Total