nsc
an

Saúde

Joinville tem 20 postos de saúde com falta de médicos ou enfermeiros; veja quais

Secretaria da Saúde quer acabar com déficit de médicos da família até o fim do ano

03/08/2022 - 06h00

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Médico em atendimento
São 15 médicos da famílias e outros oito especialistas em falta nos postos de Joinville
(Foto: )

Joinville tem 20 postos de saúde com as equipes incompletas pela falta de médicos ou enfermeiros. Os dados foram apresentados pelo diretor-executivo da Secretaria da Saúde, Fabrício da Rosa, durante reunião na Câmara de Vereadores na última segunda-feira (1).

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Segundo o município, atualmente o déficit é de 15 médicos da família, oito médicos de outras especialidades - como ginecologistas, pediatras e clínicos gerais - e 13 enfermeiros. Com isso, há 22 das 150 equipes médicos da cidade com defasagem neste momento, o que contribui para o aumento das filas nos postos de saúde.

O bairro mais afetado é o Jardim Paraíso, na zona Norte, onde três postos estão sem médicos. Em cada um, faltam três profissionais para atender a população. Segundo Fabrício, um dos problemas foi a recusa dos médicos para trabalhar nas unidades .

— No chamamento do concurso público, quando o médico era encaminhado para essas equipes, no Jardim Paraíso, estava tendo desistência. Os profissionais estavam desistindo pelo fato do local onde iriam trabalhar ter questões de vulnerabilidade e segurança. Era o que eles alegavam — explicou.

Outros bairros com falta de profissionais em mais de uma unidade são o Comasa e o Paranaguamirim. Ao todo, há déficit de médicos ou enfermeiros em oito postos da zona Sul, em quatro na região Norte, três na zona Leste, dois no Oeste e outros dois na região central.

Secretaria quer acabar com déficit até o fim do ano

O diretor-executivo da Secretaria da Saúde explicou na Câmara de Joinville que o município realizou um concurso público para contratar médicos da família em março deste ano. Desde então, todos os 187 profissionais já foram convocados pela prefeitura.

Do total, 99 médicos foram contratados, mas 60 deles já eram funcionários temporários do município e foram efetivados. Somente 39 novas vagas foram ocupadas por outros profissionais que se fixaram no município.

Outros 71 foram eliminados por questões documentais ou por não serem formados, enquanto 13 desistiram do processo e quatro estão em processo de admissão. Um deles será destinado ao posto CAIC Vila Paranaense e três vão ser distribuídos nas unidades do Jardim Paraíso.

Com as contratações, o déficit de 54 médicos da família que existia em março caiu para 15. Segundo Fabrício, o objetivo da Secretaria da Saúde é resolver o problema até o fim do ano com o início da convocação de médicos aprovados em um processo seletivo realizado há cerca de dois meses.

Postos de saúde com falta de profissionais

Boehmerwald - 1 médico

Bucarein - 1 médico

CAIC Vila Paranaense - 1 médico

Comasa - 1 médico

Dom Gregório - 1 médico

Estevão de Matos - 1 médico e 2 enfermeiros

Fátima - 2 médicos

Floresta - 1 enfermeiro

Jardim Edilene - 2 enfermeiros

Jardim Paraíso 1 e 2 - 3 médicos

Jardim Paraíso 5 - 3 médicos

Jardim Paraíso 7 - 3 médicos

João Costa - 1 médico

Morro do Meio - 1 médico

Paraguamirim - 1 médico e 1 enfermeiro

Parque Douat - 1 enfermeiro

Saguaçu - 1 médico

Saúde Prisional - 1 médico

Vila Nova Sede - 1 médico

Leia também:

Segundo caso de varíola dos macacos é confirmado em Joinville

Homem de 83 anos é mais uma vítima de dengue em Joinville

Censo 2022 começa a ser aplicado em Joinville; veja como funciona

Colunistas