nsc

publicidade

Latrocínio

Jovem é presa suspeita de envolvimento na morte do advogado da Câmara de Vereadores de Joinville

Polícia Civil diz que quatro pessoas participaram do crime e que intenção era roubo 

22/12/2018 - 21h52 - Atualizada em: 23/12/2018 - 20h58

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
Maurício Eduardo Rosskamp atuava no departamento jurídico da Câmara de Joinville
(Foto: )

Uma jovem de 20 anos foi detida neste sábado, 22, por suspeita de participação na morte do advogado Maurício Eduardo Rosskamp, que atuava na Câmara de Vereadores de Joinville. Segundo a Polícia Civil, quatro pessoas participaram do crime e a intenção do grupo era roubo. O delegado titular da Delegacia de Homicídios de Joinville, Dirceu Silveira Júnior, disse que todo o grupo já foi identificado e que solicitou a prisão preventiva deles.

O delegado afirma que a mulher presa neste sábado, na casa da sogra no bairro Jardim Edilene, zona sul de Joinville, teria sido a isca para o roubo. Ela estava na Rua Itajaí, com objetivo de atrair vítima para ação do grupo, que contava ainda com uma outra mulher e dois homens. As investigações, segundo Silveira, apontam que o advogado Rosskamp estava numa confraternização com amigos e pegou um caminho diferente para casa, passando pela região central de Joinville.

O advogado teria sido abordado pela jovem e, logo em seguida, pelas outras três pessoas. Dali todos saíram no carro da vítima e a levaram para a Zona Sul da cidade.

— Em local ermo acabaram tirando a vida da vítima com golpe de pedra. A intenção sempre foi a prática de roubo pelos autores. O que aconteceu foi uma questão ocasional, eles já tinham a intenção do roubo, não tem nenhuma vinculação com o trabalho da vítima ou com questão pessoal — argumenta o delegado.

Silveira Júnior acrescenta que ainda não dá para saber exatamente o que levou à morte, mas uma possibilidade é que a vítima tenha apresentado alguma resistência ao roubo. Os quatro suspeitos podem responder pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte. Eles teriam roubado R$ 504 da carteira do advogado e a aliança de casamento. O carro dele foi encontrado incendiado na madrugada de quinta-feira.

Entenda o caso

O advogado Maurício Eduardo Rosskamp foi encontrado morto no início da madrugada desta quinta-feira, 20, no bairro Paranaguamirim, na Zona Sul de Joinville. A Polícia Militar foi acionada por pessoas que encontraram o corpo às margens da rua Rio Velho. O carro dele foi encontrado incendiado ainda na madrugada de quinta-feira no fim da rua Jacupiranga, no bairro Aventureiro, a cerca de 17 quilômetros do local onde o corpo foi encontrado.

(Foto: )

Maurício tinha 52 anos e atuava como consultor jurídico da Câmara de Vereadores de Joinville desde 1995. Antes, trabalhou em escritórios particulares e estagiou no Ministério Público de Florianópolis.

Ele era um dos três filhos do também advogado e ex-vereador e ex-deputado estadual Raulino Rosskamp. Ele era casado com a professora Ana Lúcia Martins, com quem tinha um filho de 14 anos. Ele também tinha dois filhos, de 28 e 19 anos, do primeiro casamento.

* Com informações de Marcos Pereira, da NSC TV

Deixe seu comentário:

publicidade