publicidade

Polícia
Navegue por

Sentença

Justiça condena homem por assassinato de idosos em Vitor Meireles 

Crime de latrocínio ocorreu em setembro do ano passado 

15/05/2019 - 10h08 - Atualizada em: 15/05/2019 - 10h20

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
José Floriano da Silva, 74 anos, e Tereza Calizário da Silva, 57 anos, foram encontrados mortos a pauladas e facadas do lado de fora da casa onde residiam.
(Foto: )

O acusado de ter assassinado um casal de idosos na área rural de Vitor Meireles, no Alto Vale do Itajaí, em setembro do ano passado, foi condenado a 60 anos de prisão. A decisão considerou que ele matou violentamente um idoso e sua esposa com intuito de roubá-los, o que configura latrocínio. A decisão é passível de recurso.

Segundo a denúncia da Promotoria de Justiça de Presidente Getúlio, na madrugada do dia 16 de setembro de 2018, Henrique Quirino de Marcos matou o idoso José Floriano da Silva, de 71 anos, e a esposa dele, Tereza Calizário da Silva, de 57 anos. O assassino utilizou de violência, por meio de golpes de faca e de um bastão, o que resultou na morte das vítimas. Após o crime, ainda roubou os pertences do casal.

As investigações chegaram até o autor do fato por meio de denúncia anônima. A Polícia Civil chegou até o suspeito após recolher as roupas utilizadas pelo homem na noite do crime, após exame pericial feito pelo Instituo Geral de Perícias (IGP). No material foi constatado sangue humano e DNA das vítimas.

O homem foi preso pela Polícia Civil de Presidente Getúlio na cidade de Santa Terezinha. Posteriormente foi representado pela conversão em prisão preventiva, uma vez que durante as investigações ele teria ameaçado uma das principais testemunhas.

A ação penal foi julgada procedente pelo Juiz de Direito da Comarca de Presidente Getúlio, Felipe Agrizzi Ferraço, que sentenciou Henrique Quirino de Marcos à prisão em regime inicialmente fechado pelo crime de latrocínio.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação