nsc
hora_de_sc

EMBRIAGUEZ E USO DE DROGAS

Justiça decreta prisão aos dois motoristas que atropelaram pedestres em Florianópolis

Uma turista argentina foi atingida por um veículo em Canasvieiras; outro pedestre foi atropelado no Centro

27/01/2020 - 17h31 - Atualizada em: 27/01/2020 - 18h08

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella

A justiça decretou a prisão preventiva de dois motoristas embriagados que atropelaram duas pessoas em Florianópolis - um caso aconteceu na praia de Canasvieiras e o outro no Centro, ambos no fim de semana. A decisão é da juíza plantonista Érica Lourenço de Lima Ferreira. Ambos os condutores foram detidos em flagrante.

O primeiro caso foi em Canasvieiras, no Norte da Ilha de Santa Catarina. O motorista de um Porsche Cayene atingiu uma turista argentina que caminhava em via pública. A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e precisou ser encaminhada ao hospital por conta de seus ferimentos.

A guarnição que atendeu a ocorrência identificou que o condutor do automóvel seria o responsável pelo atropelamento e estava sob efeito de bebida alcoólica. Em revista no veículo, os policiais ainda localizaram uma quantidade de cocaína.

Por fim, também foi descoberto que o motorista já tinha sido flagrado em outro momento dirigindo sob efeito de álcool. Responsável por lesionar a turista argentina, o homem foi conduzido até a delegacia, onde teria admitido uso de droga. Mais tarde, no entanto, teria negado consumo de entorpecentes.

O segundo caso aconteceu na Avenida Hercílio Luz, área central da cidade. O condutor estaria disputando um racha, quando perdeu o controle do carro, um Lifan 530, e atropelou um pedestre, que teve fratura exposta nas pernas e precisou ser imediatamente conduzido ao hospital para cirurgia de emergência.

O motorista, por seu estado de embriaguez, provocou revolta em populares que acompanharam o acidente e foi alvo de diversas agressões. Os policiais que atenderam a ocorrência já o encontraram caído na calçada, bastante ferido e com forte odor etílico.

Colunistas