nsc

Série B

Goleiro falha, Figueirense perde para o Juventude e fica mais perto do rebaixamento

Alvinegro toma a virada nos minutos finais e depende de combinação de resultados para evitar cair para a Série C

22/01/2021 - 13h56 - Atualizada em: 22/01/2021 - 19h59

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Juventude 2x1 Figueirense Série B 2020
Figueirense toma virada nos minutos finais e fica perto da Série C
(Foto: )

O Figueirense vai precisar de muita, muita torcida para se manter na Série B do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro perdeu de virada para o Juventude por 2 a 1, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). Com 39 pontos, na 18ª posição, o Furacão do Estreito poderá ser rebaixado para a terceira divisão nacional se Náutico e Vitoria empatarem seus jogos pela 37ª e penúltima rodada da competição. 

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

Os pernambucanos encaram o Cruzeiro (fora, domingo, 16h), e os baianos enfrentam o Botafogo-SP (casa, terça-feira, 21h30). Se as duas equipes saírem derrotadas, o Figueira ainda terá, contra a Ponte Preta, no Scarpelli, na próxima sexta-feira (29), a obrigação de vencer e ainda torcer por derrota dos rivais para buscar a permanência - neste caso, a decisão com o Náutico ficaria no saldo, ou até mesmo nos gols pró. 

Como foi o jogo

O Juventude teve mais posse de bola no início do jogo, mas as primeiras chances foram para o Figueirense. O atacante Geovane Itinga, aos 19 minutos, chutou fraco para a defesa de Marcelo Carné. Com meia hora de partida, Diego Gonçalves invadiu a área pela esquerda, mas preferiu não passar a bola. O chute bateu no goleiro e no jogador do Figueira, antes de ir pela linha de fundo. 

> Rodrigo Faraco: Derrota do Figueirense torna o rebaixamento praticamente irreversível

O time da Serra gaúcha, que entrou em campo tentando voltar ao G-4, teve grande lance aos 33 minutos com Matheuzinho, que mandou da entrada da área. Sorte do Figueira que a bola bateu na trave, e o rebote de Everton foi para fora. 

Emoção nos minutos finais

Dependendo da vitória, o Figueirense fez três alterações no intervalo para ficar mais ofensivo. O time teve oportunidade com Nonato aos sete minutos do segundo tempo, que cabeceou perto da trave. Aos 28, Lucas Barcelos recebeu o lançamento e tentou bater na saída do goleiro. A bola desviou em Carné e Augusto afastou o perigo. Já aos 34, Rogério, de cabeça, quase abriu o placar para a equipe gaúcha. 

> Última rodada da Série B muda de data devido à final da Libertadores

Os últimos momentos passaram a ser de bastante emoção. Aos 35 miuntos, o Juventude teve um gol bem anulado pela arbitragem. Já o do Figueirense valeu: aos 39 minutos, Erison marcou de cabeça. O Juventude reclamou da saída da bola, antes do cruzamento de Renan Luís. Como não tem VAR na Série B, o árbitro confirmou. O torcedor alvinegro teve o gosto da vitória. Infelizmente, não durou muito.  

Gol irregular Figueirense contra o Juventude Série B 2020
Cruzamento antes do gol do Figueirense; arbitragem não viu a saída da bola
(Foto: )

Aos 42 minutos, após Rodolfo Castro errar completamento o tempo para cortar a bola, Bambam completou para o fundo das redes, decretando o empate. 

A virada veio nos acréscimos, com Rogério de cabeça, após escanteio. Com o resultado, o Juventude entrou no G-4, e fica na torcida para que o CSA não vença o Brasil de Pelotas, às 19h15, em Maceió, para se manter na zona de acesso. A vitória do Ju também reduziu consideravelmente a chance do Avaí de subir esse ano.    

O lance de goleiro, só falha quem esta ali. Temos que dar força para ele — Jorginho Cantinflas, técnico do Figueirense, na entrevista coletiva após o jogo

Para o último compromisso na Sèrie B, o zagueiro Alemão será ausência confirmada para o Furacão, após levar o terceiro cartão amarelo no jogo em Caxias do Sul. 

Ficha técnica

Juventude: Marcelo Carné, Luis Ricardo, Augusto, Emerson Silva e Hélder; João Paulo (Gustavo Bochecha), Gabriel Bispo, Matheuzinho (Rogério), Renato Cajá (Roberto) e Everton (Rafael Silva); Rafael Grampola (Bambam). Técnico: Pintado

Figueirense: Rodolfo Castro, Everton Santos, Alemão, Vitor Mendes (Geovane) e Renan Luís; Nonato (Matheus Neris), Patrick e Dudu (Guilherme Teixeira); Bruno Michel (Erison), Geovane Itinga (Lucas Barcelos) e Diego Gonçalves. Técnico: Jorginho Cantinflas 

Gols: Erison, aos 39 minutos do segundo tempo (Figueirense); Bambam, aos 42, e Rogério, aos 48 minutos do segundo tempo (Juventude) 

Ouça o gol único do Figueirense na derrota para o Juventude: 

Colunistas