Um homem de 30 anos foi preso em Joinville, no Norte de Santa Catarina, na manhã da última quarta-feira (22) por ter roubado uma loja de chocolates. Ele chegou a fugir do local do crime, mas foi facilmente identificado pela Polícia Militar (PM): antes de anunciar o assalto, o ladrão passou o próprio CPF para fazer um cadastro no local, na tentativa de parecer, em um primeiro momento, apenas um cliente.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Uma vendedora relatou aos policiais que o homem chegou nervoso ao estabelecimento, supostamente interessado em comprar uma trufa. Ao ser questionado se tinha cadastro na loja de chocolates, ele negou e passou o número do próprio documento, como solicitado pela funcionária do local.

Depois disso, ele puxou a atendente pelo braço, pediu desculpas e ordenou que ela entregasse todo o dinheiro do caixa. Com o dinheiro em mãos, o ladrão desarmado fugiu em uma bicicleta pela Rua Iririú.

Com o CPF, a PM conseguiu consultar a foto do suspeito em um sistema de segurança. Ele tinha passagens policiais por tráfico de drogas e posse ou porte de drogas.

Continua depois da publicidade

Ainda de acordo com os policiais militares, o homem foi encontrado em uma área de usuários de drogas, sentado em um colchão com notas de dinheiro nas mãos e espalhadas em seu entorno. Também foi encontrada ao lado dele a bicicleta utilizada no assalto e uma sacola da loja com várias moedas.

À PM, ele confessou o roubo. O homem recebeu então voz de prisão. O g1 SC procurou a Polícia Civil, nesta sexta-feira (24), para confirmar a prisão, mas não teve retorno até a última atualização do texto.

Leia mais

Empresário encontrado morto nas dunas de Florianópolis foi dopado em casa e levou 36 facadas

Esquema de pirâmide com NFT tem R$ 27,4 milhões bloqueados em SC

Destaques do NSC Total