O Sul do Brasil foi a região mais atingida por ciclones na última década. Isso porque a região recebeu 71 dos 92 alertas emitidos ao governo federal na última década por conta do fenômeno natural. Recentemente, inclusive, um ciclone extratropical no Rio Grande do Sul foi responsável pela morte de mais de 40 pessoas. As informações são do g1.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Número de mortes no RS chega a 41 após ciclone e outras 25 pessoas seguem desaparecidas

Os dados são do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres e foram analisados pela reportagem do g1. Os alertas são emitidos diariamente para todo país. O Sul responde por 77% dos alertas por causa de Santa Catarina, que registrou 64 ocorrências entre janeiro de 2013 e agosto de 2023. No mesmo período, foram cinco ocorrências no Rio Grande do Sul e duas no Paraná.

SC e os extremos do clima: Por que Santa Catarina lida com tantos extremos climáticos?

Continua depois da publicidade

A cidade catarinense mais afetada foi Balneário Barra do Sul, com 13 registros de ciclones.

Enchente? Enxurrada? Qual é a diferença? Entenda

Ao g1, o meteorologista do Climatempo Fábio Luengo explicou que os estados do Sul são historicamente mais atingidos por ciclones extratropicais pela localização em uma área de encontro de massas de ar. O que não é comum, no entanto, é a intensidade e frequência que esses fenômenos naturais ganharam.

Leia mais:

Casan determina prazo para vistoriar mais de mil reservatórios de água em SC

Exclusivo: Em troca de e-mails, Casan cobrou construtora de reservatório sobre vazamentos

Destaques do NSC Total