nsc

    De saída

    Marquinhos Silva revela que não ficará no Avaí para a temporada 2020

    Jogador diz que dará o seu melhor até o fim da temporada

    20/11/2019 - 18h24 - Atualizada em: 20/11/2019 - 21h43

    Compartilhe

    Janniter
    Por Janniter de Cordes
    Zagueiro fez 26 jogos dos 57 que o time fez até agora
    Zagueiro fez 26 jogos dos 57 que o time fez até agora
    (Foto: )

    Dentro do planejamento para a temporada de 2020, nos bastidores o Avaí já trabalha pensando no elenco que vai disputar a Recopa Catarinense, Estadual, Copa do Brasil e Série B do Brasileiro. Este trabalho vem acontecendo desde agosto, mas sobre dispensas e permanências, nada foi confirmado pela diretoria do clube. O zagueiro Marquinhos Silva disse na tarde desta quarta-feira que já sabe que não vai ficar para o ano que vem e que seus empresários já procuram um novo clube para o atleta.

    Com 37 anos e 26 jogos realizados na temporada, sendo 25 como titular, Marquinhos Silva veio direto do rival, Figueirense, e teve um bom primeiro semestre e não conseguiu repetir no segundo. Por conta disso, o zagueiro fez uma balanço de sua temporada e durante a fala revelou que não fica no Leão em 2020.

    — Sobre o próximo ano, já foi falado que eu não fico, mas tenho uma gratidão enorme. Isso não muda nada da minha postura de treinos e jogos. Tenho uma gratidão enorme pelo clube, me deu a chance novamente. Até meu último dia de contrato vou dar meu melhor — disse o jogador.

    No confronto contra o Cruzeiro, ele foi titular e capitão do time e falou sobre as declarações dos atletas do Cruzeiro, Fabrício Bruno e Thiago Neves, que abriram uma suspeita de o Avaí ter recebido a “mala branca” para atrapalhar os planos do time mineiro.

    — Todos sabem de mala-branca, mas para mim não chegou nada. Na situação que a gente se encontra, qual jogador não vai dar a vida? Fizemos um campeonato abaixo e é desconfortável para todos. A gente tinha consciência que estava rebaixado, mas nem por isso entramos em campo para dar o melhor. Entramos com essa gana de vencer, pois temos que ser profissionais. E também tiveram esses comentários que o Cruzeiro ia ganhar. Então motiva mais também. Ninguém entra em um jogo com a vitória garantida — explicou Marquinhos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas