nsc
santa

Segurança

Médica de 60 anos é morta em Itapema; marido foi preso

Segundo a Polícia Militar, ela atuava em Florianópolis, mas morava em um apartamento do Litoral Norte

22/03/2020 - 13h46 - Atualizada em: 23/03/2020 - 05h59

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
igp e carro da polícia
(Foto: )

Uma mulher de 60 anos foi encontrada morta pela Polícia Militar de Itapema na tarde de sexta-feira (20). Ela estava em um apartamento no centro da cidade e os agentes tiveram que arrombar a porta para entrar no local após serem chamados pelos vizinhos. A principal suspeita é que ela tenha sido morta por esganadura.

A Polícia Militar chegou ao local por volta das 17h30. Lá, os policiais encontraram o corpo da vítima no chão do apartamento. Ela estava sozinha, mas o marido retornou ao prédio enquanto a polícia estava no local. A suspeita da PM é que ele tenha voltado para pegar a carteira com os documentos, que ficaram sobre a mesa.

Aos policiais, o homem contou que os dois estavam discutindo e ela deu um tapa no rosto dele. Em seguida, ele apertou o pescoço da esposa com as duas mãos. Quando a viu caindo no chão, fugiu do apartamento.

Ele foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Itapema. Segundo a polícia, a mulher trabalhava em Florianópolis, mas morava no Litoral Norte.

As informações são do G1 Santa Catarina.

Colunistas