nsc
    hora_de_sc

    Sob cuidados

    Médico agredido em pátio de UPA em Florianópolis melhora, mas segue na UTI

    Polícia investiga o caso e busca descobrir quem foi o responsável pelas graves agressões

    07/01/2020 - 15h34 - Atualizada em: 07/01/2020 - 15h54

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Cláudio Santos Pacheco, 58 anos, foi agredido no pátio da UPA 24h do Sul da Ilha de SC
    Cláudio Santos Pacheco, 58 anos, foi agredido no pátio da UPA 24h do Sul da Ilha de SC
    (Foto: )

    O quadro de saúde do médico pediatra que foi agredido quando chegava para trabalhar na manhã de domingo (5) em Florianópolis, apresenta melhoras. Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Baía Sul no início da tarde desta terça (7), houve progresso no estado de saúde durante as últimas 24h. Mesmo assim, o paciente continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

    Cláudio Santos Pacheco, 58 anos, foi agredido no pátio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h do Sul da Ilha de SC e sofreu diversos ferimentos na região da face. Segundo a Polícia Militar, ele teria sido perseguido até o local do trabalho. O médico foi encontrado atrás da unidade, em uma área da estrutura que está em obras.

    up
    UPA do Sul da Ilha de SC
    (Foto: )

    Investigação

    O caso é investigado pelo delegado Ronaldo Moretto. Nesta terça-feira (7), o delegado informou que a Polícia Civil ainda não tem pistas sobre os autores e sobre a motivação do crime.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas