Educação
Navegue por

publicidade

Cidadania

Melhorias para escolas lideram solicitações da Câmara Mirim de Blumenau  

Os atuais 15 vereadores fizeram ao menos 125 pedidos à prefeitura neste ano, dos quais 85 obtiveram resposta do Executivo  

09/11/2018 - 09h00

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
(Foto: )

Com 14 anos, Marlon Steinhenzer Neves tem um compromisso com a comunidade do bairro Nova Esperança. Os papéis nas mãos do estudante da Escola Básica Municipal Gustavo Richard comprovam isso. A busca por uma quadra coberta para a instituição que tem 385 alunos é uma reivindicação antiga dos moradores que ele assumiu. Com um abaixo-assinado de 1979, o jovem cobrou da prefeitura uma resposta por meio do trabalho que desenvolve na Câmara Mirim de Blumenau.

O documento que leva nomes de pessoas conhecidas na comunidade foi encontrado meio sem querer. Em uma pesquisa no arquivo histórico da cidade, em busca de informações sobre a fundação do colégio, a diretora Elizete Nardi achou as três folhas com 89 assinaturas. É de um tempo em que a comunidade era menor, o que, para a dirigente, significa que a urgência do pedido só cresceu. No documento, já havia uma cobrança: “Conforme prometido na reunião do dia 4 de agosto de 1978.”

Ao completar 40 anos da reivindicação, o abaixo-assinado chegou a Marlon, que fez questão de refazer a solicitação e anexar o documento histórico. O pedido é um dos 125 feitos pelos jovens vereadores ao longo deste ano. Assim como o requerimento dele, a maioria busca melhorias nas escolas, com obras e aquisição de materiais, além de recuperação das calçadas no entorno dos colégios e reforço da sinalização viária, com a implantação de faixas de pedestres e travessias elevadas. Ver as demandas se concretizarem, porém, é uma situação diferente, explica o coordenador do Programa Câmara Mirim, Wagner Schanaider.

De acordo com ele, grande parte dos requerimentos de melhorias em vias públicas é atendida, mas os que exigem mais recursos, como o de Marlon e da comunidade da Nova Esperança, costumam receber como resposta um “não há orçamento disponível”.

– Se comparar com o retorno dado aos vereadores adultos, eles (parlamentares mirins) recebem uma resposta bem mais rápida, independentemente do parecer, positivo ou não – garante Schanaider.

O pedido do estudante da EBM Gustavo Richard, junto com outras 85 solicitações, recebeu resposta da prefeitura. Embora não tenha sido animadora, o garoto se mostra confiante e não perde o entusiasmo de lutar por aquilo que acredita.

– Aprendi muito mais do que Português e Matemática esse ano. Aprendemos sobre política e que ela é indispensável para qualquer cidadão – diz o vereador mirim, com o documento assinado pela comunidade em mãos.

Marlon Steinhenzer Neves

Proposta da cidade pode virar lei federal

A vereadora mirim Natália Oliveira Pereira dos Santos teve a recomendação feita por ela acatada. A garota propôs uma ação de conscientização nas escolas para o fim do uso de canudos plásticos.

A Secretaria Municipal de Educação concordou. A iniciativa ganhou tanto peso que chegou a Brasília e pode se tornar lei federal. Isso porque a proposta de proibir a disponibilização ou venda do produto foi aprovada em uma sessão mirim no plenário da Câmara dos Deputados no fim de outubro. A jovem de 14 anos esteve na capital federal acompanhada dos colegas e defendeu a proposição na tribuna.

O momento foi tão importante para a estudante da Escola Barão do Rio Branco que toda a família a acompanhou. Para ela, uma oportunidade inesquecível que deu visibilidade ao debate sobre o assunto.

– Foi incrível suscitar uma conscientização acerca do meio ambiente e inclusive receber melhorias no projeto com as emendas.

A jovem chega ao fim da legislatura com a sensação de dever cumprido. Para quem almejou ocupar uma vaga na Câmara Mirim – em 2017 havia sido suplente – o período serviu para aprender e contribuir com o próximo:

– Conseguir fazer com que uma faixa de pedestres seja implantada, abraçar campanhas e disseminar temáticas aprendidas na Câmara com conhecidos e na escola nos tornam atuantes e realmente contribuímos com o município.

Natália Oliveira Pereira dos Santos

Nova legislatura

No próximo dia 16 serão conhecidos os 15 parlamentares que vão compor a 20a legislatura da Câmara Mirim de Blumenau. A votação ocorreu na última quarta-feira, quando 78 candidatos de 26 escolas participaram da disputa. 7.269 estudantes foram às urnas para escolher os representantes. Os eleitos serão diplomados em dezembro deste ano e o mandato se estende até 31 de dezembro de 2019.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação