nsc
an

Boa ação

Menino de 4 anos doa dinheiro encontrado no chão aos bombeiros em Joinville

Equipes que atuam na corporação ficaram encantadas com a ação do pequeno Leonardo Buzzi Borba

09/01/2021 - 12h33

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Leonardo Buzzi Borba quatro anos doa 12 reais bombeiros voluntários
Leonardo Buzzi Borba tem quatro anos
(Foto: )

O que você faz quando encontra dinheiro no chão? O pequeno Leonardo Buzzi Borba, quatro anos, deu um destino bem diferente aos 12 reais que o pai, Eduardo Borba, encontrou no chão de uma padaria de Joinville: o valor foi doado ao Corpo de Bombeiros Voluntários da cidade. 

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Tudo começou no estacionamento do estabelecimento. Depois que Eduardo viu uma nota de dez e outra de dois reais caídas sobre o chão, ele buscou encontrar o dono do dinheiro. Sem sucesso, o pai aproveitou a oportunidade para influenciar o filho a uma atitude positiva. 

- Ficar com o dinheiro estava fora de questão por não ter mérito sobre ele. Percebi que era uma oportunidade de criar uma memória especial que acompanhará e influenciará positivamente a vida de nossos filhos - comenta Eduardo.

> Sede dos bombeiros voluntários de Joinville agora é patrimônio histórico

Chegando em casa, Eduardo disse que tinha uma surpresa para o Léo, como é carinhosamente chamado. 

- Léo ficou animado perguntando o que era a surpresa. Falei para fazermos algo legal juntos que foi de pensar em ideias nas quais o dinheiro fosse empregado para ajudar quem precisa - lembra o pai.

Dentre as opções que a família pensou estavam: comprar e entregar um brinquedo para uma criança carente para proporcionar alegria, comprar e entregar alimentos para quem estava com fome ou levar o dinheiro para os Bombeiros Voluntários para eles ajudarem as pessoas. Prontamente, Leonardo escolheu a terceira opção. 

- Quando perguntei por que ele escolheu os bombeiros voluntários, ele respondeu a famosa e genial frase das crianças: porque sim. Acredito que a escolha dele foi por afinidade, já que vê o pai ajudando os bombeiros. E isso nos alerta como pais sobre a mais poderosa e influente forma de ensino; uma educação silenciosa, que é a atitude, o exemplo - explica o pai, que é empresário e escritor.

Leonardo recebeu comprovante da doação

menino doa dinheiro encontrado no chão aos bombeiros
Leonardo recebeu comprovante de doação do diretor executivo Matheus Cadorin
(Foto: )

Depois de decidir o destino, Leonardo e os pais foram à corporação para a entrega da doação. 

O pai conta que o dinheiro foi no bolso do filho. Ao chegar lá, todos ficaram encantados com a atitude do pequeno e grande Léo. Ele recebeu o comprovante da doação pelas mãos do diretor executivo da corporação, Matheus Cadorin.  

- Entre achar o dinheiro e entregá-lo na corporação foram, aproximadamente, três horas que valerão para o resto de nossas vidas - considera Eduardo. 

Colunistas